Homem mata esposa a golpes de facão por ser muito ciumenta a golpes de facão

Um corpo caído no chão sem vida, dilacerado e coberto se sangue nos mostra o tamanho da agressividade de um homem. Uma mulher morta pelas mãos de seu companheiro, alguém que deveria zelar por sua integridade física, alguém que deveria amar e proteger se tornou o carrasco lhe tomando a vida de forma brutal. O Joel Mota Júnior, 30 anos mais conhecido como junião, estava em liberdade condicional há dois meses, cumpria pena por homicídio, teria usado usando uma facoa ( ferramenta usada no corte de cana) ele acaba matando a sua companheira Marinei Cruz Silva, 46 anos, na cidade de Medeiros Neto. 

O crime aconteceu, coincidentemente, no mesmo local onde ele teria assassinado um homem, também com golpes de facão. Junão desferiu um golpe que quase decepou o pescoço da vítima. A violência dos golpes arrancou dentes, mandíbula e língua da mulher, que morreu na hora. A arma do crime foi encontrada com o agressor. “Eu gostava muito dela, mas ela pegava muito em meu pé e não queria, por ciúmes, deixar eu ir pra roça trabalhar. Ela era uma pessoa boa, mas quando bebia perdia a cabeça e, ontem [dia do crime], ela me agrediu com tapas”, declarou Joel explicando o motivo por ter assassinado sua companheira. Joel confessou também involuntariamente, que matou a sua primeira vítima porque “ele era carrasco também”.
 
IMAGENS FORTES: AQUI!
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário