Operação da PF combate fraude de quase R$ 500 mil aos cofres do INSS

Prédio do INSS - Previdência social
Organização criminosa atuava na obtenção de benefícios fraudulentos do INSS utilizando documentação falsa.
 
A Polícia Federal no Espírito Santo deflagrou uma operação na manhã desta terça-feira (16) para combater uma fraude de quase R$ 500 mil aos cofres do INSS. A ação, batizada de operação “La pensão è mobile”, faz parte da Força Tarefa Previdenciária. Os agentes da PF cumpriram três mandados de busca e apreensão nas casas do investigado.

O caso
A Polícia Federal identificou uma organização criminosa que atuava na obtenção de benefícios fraudulentos do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), amparados em documentação falsa, criando segurados fictícios. Os valores dos benefícios eram recebidos pelos membros do grupo criminoso que se passavam por procuradores do titular. Visando potencializar os ganhos, além dos saques, o fraudador também realizava empréstimos consignados junto a financeiras.

Crimes investigados
Os investigados responderão pelo crime de estelionato qualificado, Artigo 171, §3º, e associação criminosa, Artigo 288, ambos do Código Penal cuja soma das penas poderá ultrapassar 8 (oito) de reclusão.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário