EM DESTAQUE

Pai é preso suspeito de matar e esconder corpo do filho para não pagar pensão

foto texto 1.pngPoliciais da Delegacia de Araruama, na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro, prenderam um homem suspeito de matar o próprio filho, um adolescente de apenas 13 anos.O corpo de Robson da Silva Ribeiro Junior foi encontrado em março deste ano, enterrado nas areias da Praia do Dentinho, no distrito de Praia Seca, em Araruama, região dos lagos do Rio. 
 
Foi dado como desaparecido no dia 6 de março, após a mãe deixa-lo no colégio, mas Robson não chegou a entrar na escola. Os agentes analisaram, durante a investigação do caso, as câmeras de vigilância do bairro e acompanharam todo o trajeto que o menino fez após sair da porta da escola, ficando surpresos ao saber que o carro do pai da criança passava pela região na no momento em que foi constatado o sumiço do adolescente. Robson Silva prestou depoimento na delegacia de Araruama, e que segundo a polícia, inicialmente contou uma versão fantasiosa que mais tarde foi desmentida por testemunhas.
 
Robson Silva prestou depoimento na delegacia de Araruama, e que segundo a polícia, inicialmente contou uma versão fantasiosa que mais tarde foi desmentida por testemunhas. Após ser confrontado pelos agentes, ele não sustentou a história contada inicialmente e mudou a versão durante o depoimento. O suspeito passou a alegar que encontrou com o filho ocasionalmente próximo ao colégio e o convidou a ir para a Praia, onde o menino teria se afogado em seguida. Em depoimento, Robson disse que teria enterrado o filho para não ser responsabilizado.

Entretanto, com as investigações da Delegacia de Araruama , foi descoberto que o motivo da morte do menino era que a pensão alimentícia irritava o pai da criança, que estava insatisfeito e não queria realizar os pagamentos.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário