BNDES aprova empréstimos de R$ 1 bilhões para 3 complexos de energia eólica

energia_eolica
O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou nesta segunda-feira, 19, a aprovação de empréstimos que somam no total R$ 1,037 bilhão para três complexos de geração de energia eólica, dos grupos EDF, Enel e Aliança, sociedade da mineradora Vale com a Cemig.

A EDF EN do Brasil contratará empréstimo de R$ 486,4 milhões para a construção dos parques eólicos Ventos da Bahia I, III, IX e XVIII, no município de Mulungu do Morro (BA). O projeto inclui o respectivo sistema de transmissão. Com 53 aerogeradores, o empreendimento terá potência instalada de 116,6 MW, comercializada no Leilão de Energia de Reserva de novembro de 2015, informou o BNDES.

De acordo com o BNDES, os mpreendimentos darão prioridade à utilização de equipamentos nacionais e deverão gerar em torno de 3 mil empregos diretos e indiretos durante as obras. Os parques eólicos serão construídos nos municípios de Mulungu do Morro e Campo Formoso, na Bahia; e de Icapuí, no Ceará.

As condições financeiras do banco para o setor eólico envolvem apoio de até 70% dos itens financiáveis, com custo 100% vinculado à Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), praticada nas operações da instituição. Além disso, o BNDES poderá avaliar a subscrição de até 100% de debêntures de infraestrutura emitidas pelo projeto. Com a aprovação do financiamento, o total emprestado ao setor de energia eólica este ano chega a R$ 3,5 bilhões, quase o total aprovado pelo BNDES para projetos deste tipo no ano passado, que somou R$ 3,8 bilhões.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva Divulgação

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário