EM DESTAQUE NO BLOG

Cofundador da Microsoft descobre destroços de navio italiano da 2ª Guerra Mundial




O Globo - Afundado há mais de sete décadas, o destróier italiano Artigliere foi descoberto no fundo do mar entre Sicília, na Itália, e Malta. Os destroços foram encontrados a cerca de 3.700 metros de profundidade por um submarino robótico da Vulcan Inc., uma companhia criada pelo cofundador da Microsoft Paul Allen.

Em comunicado divulgado no início da semana, a Vulcan explica que o Artigliere foi identificado pelas letras “AR” que ainda podem ser vistas no casco da embarcação. O navio de guerra naufragou em outubro de 1940, após ser danificado na Batalha do Cabo Passero, entre forças italianas e britânicas, que participaram de uma missão de reabastecimento a Malta.

“O Artigliere está surpreendentemente em boas condições, apesar do fato de ter sido afundado numa guerra”, disse David Reams, diretor da Vulcan, em comunicado. “A embarcação está de pé e fácil de ser identificada. A 3.700 metros de profundidade, a água é muito fria e tem pouco oxigênio, então houve pouca corrosão e incrustação”.
O governo italiano foi notificado da descoberta em abril, mas a localização precisa do Artigliere não será divulgada publicamente. O local do naufrágio foi deixado sem perturbações, em respeito aos marinheiros mortos e seus familiares. Além do destróier italiano, a equipe de Paul Allen localizou em março de 2015 os destroços do navio de guerra japonês Musashi e, em agosto do mesmo ano, recuperou o sino do cruzador britânico HMS Hood, abatido pelo couraçado alemão Bismark.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário