EM DESTAQUE NO BLOG

Henrique não pode ser extraditado para a Suíça

A ideia negociada com os procuradores no Brasil foi a de transferir o caso para que o ex-ministro Henrique Alves, agora, seja investigado e julgado no próprio País. Para os suíços, a transferência do caso também permitiria que a Justiça no Brasil possa agir de forma rápida para garantir que as provas e mesmo os recursos não sejam perdidos.

“Diante do fato de que Henrique Alves ser um cidadão brasileiro, ele não pode ser extraditado para a Suíça”, explicou o MP, ainda no ano passado. “Por esse motivo, a Procuradoria pediu em março de 2016 para que o processo seja transferido ao Brasil”, disse. “Isso seria feito para permitir que o caso pudesse ser investigado e julgado por autoridades brasileiras”, completou.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário