Istambul proíbe Marcha do Orgulho Gay

instambul
As autoridades de Istambul, na Turquia, proibiram hoje (24) a Marcha do Orgulho, a favor dos direitos de gays e outras minorias sexuais, prevista para amanhã na cidade, alegando razões de segurança para os turistas.

“Como resultado da nossa avaliação e considerando a ordem pública e a segurança dos turistas que estão na região para passear, bem como dos nossos cidadãos, especialmente os participantes, não se autoriza a marcha nem reuniões no dia da comemoração, nem antes nem depois”, detalha um comunicado do escritório de governo de Istambul. As informações são da agência de notícias EFE.

“A praça de Taksim (de Istambul) e o seu entorno, onde se convocou a marcha, não fazem parte dos espaços para manifestações e reuniões”, acrescenta a nota.
Segundo o comunicado, as autoridades locais não receberam solicitação alguma dentro das normas legais para organizar esta marcha, que estava prevista para a tarde deste domingo. Vários grupos conversadores e islamitas turcos já tinham anunciado sua intenção de impedir a marcha.

Em 2014, última vez que uma Parada Gay ocorreu em Istambul, foram reunidas mais de 100 mil pessoas, uma das maiores manifestações da comunidade LGBT em um país muçulmano. A Parada Gay de São Paulo, a maior do mundo, foi realizada no domingo (18) e reuniu 3 milhões de pessoas, segundo os organizadores.  Segundo a NBC News, os organizadores possuem planos de atividades alternativas. No ano passado, eles alugaram um barco particular e fizeram a celebração no rio Bósforo.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário