EM DESTAQUE NO BLOG

Justiça aumenta pena de acusado de matar cantor após show por ciúmes

Thiago Batista de Barros se apresentou à Justiça e foi preso (Foto: Reprodução/TV Tribuna)
Thiago Batista de Barros se apresentou à Justiça e foi preso.

Tribunal de Justiça de São Paulo aumentou, na tarde da última quinta-feira (29), a pena de Thiago Batista Barros, conhecido como 'Chupeta', acusado de matar o cantor Dan Nunes, em Santos, no litoral de São Paulo, após um show. Em outubro de 2016, Thiago foi condenado a 18 anos de prisão em regime fechado. Agora, com a nova decisão da Justiça, ele terá que cumprir 19 anos, 7 meses e seis dias na cadeia. O crime aconteceu na madrugada do dia 30 de março de 2015.
Dan Nunes foi morto com um tiro nas costas após show em Santos, SP (Foto: Arquivo Pessoal)
Dan Nunes foi morto com um tiro nas costas após show em Santos.

Caso - O crime aconteceu na madrugada do dia 30 de março de 2015. O cantor Dan Nunes tinha acabado de se apresentar em um bar com a banda Tr3vo, da qual era vocalista. Após o show, ele foi para rua e acabou sendo baleado por Thiago. O homicídio foi flagrado por câmeras de monitoramento próximas ao local. Dan Nunes foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Thiago Batista de Barros é réu confesso e ficou três meses foragido até que decidiu se entregar à polícia.
 
Após ter sido adiado duas vezes, o júri aconteceu no dia 24 de outubro de 2016. Thiago Batista de Barros foi condenado por homicídio duplamente qualificado após ter sido apontado que a vítima não teve chances de defesa e que o crime ocorreu de forma fútil, já que a ex-companheira de Thiago havia tido um relacionamento com o cantor e ele chegou a admitir o ciúme.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário