EM DESTAQUE

PM reage a assalto e é morto a tiros durante confraternização em bar na cidade de Areia Branca, RN

Carlos Eduardo Alves era motorista da Força Tática do 9º BPM, em Natal (Foto: PM/Divulgação)Carlos Eduardo Alves era motorista da Força Tática do 9º BPM, em Natal (Foto: PM/Divulgação).
 
G1 RN - Um soldado da Polícia Militar foi morto a tiros na noite desta quarta-feira (14) ao trocar tiros com bandidos durante um assalto. O crime aconteceu em um bar na cidade de Areia Branca, na região da Costa Branca, distante 330 quilômetros da capital potiguar. Testemunhas relataram que dois homens e duas mulheres participaram do assalto. As duas foram feridas, socorridas e estão presas. Um dos homens também morreu durante o confronto. O segundo, já na madrugada, acabou morto em um novo tiroteio ocorrido em Mossoró. A arma do PM, que tinha sido levada, foi recuperada. 

O PM morto foi identificado como Carlos Eduardo Alves. Ele morava em Natal e trabalhava como motorista da Força Tática do 9º Batalhão. De férias, o soldado foi a Areia Branca a passeio e estava no bar participando de uma confraternização com parentes e amigos. Após o tiroteio, a polícia da cidade foi chamada e partiu em busca do criminoso que escapou. Já na madrugada desta quinta (15), o suspeito foi localizado numa comunidade conhecida como Favela do Velho, no bairro Dom Jaime Câmara, em Mossoró. Houve nova troca de tiros e o suspeito acabou baleado. Ele foi socorrido, mas não resistiu ao ferimento e morreu pouco tempo depois de dar entrada no Hospital Regional Tarcísio Maia. Com o suspeito os policiais encontraram a pistola do soldado morto.

Os nomes das duas mulheres presas e dos dois suspeitos mortos não foram divulgados.

Doze PMs mortos em 2017; três, só em junho

O soldado Carlos Eduardo Alves foi o terceiro PM assassinado este mês no Rio Grande do Norte. No dia 5, o sargento Antônio Cândido dos Santos foi morto na frente do hospital da Liga Contra o Câncer, no bairro de Dix-Sept Rosado, na Zona Oeste de Natal. A arma do policial foi levada por dois homens que fugiram em uma motocicleta.

Já na terça-feira (13), a vítima foi o cabo Mário Pinheiro de Lima, de 37 anos, que estava à disposição da Secretaria de Segurança Pública. O crime aconteceu na rua Santa Tereza, no bairro Bom Pastor, também na Zona Oeste da cidade. Testemunhas relataram que o policial estava de moto, sob uma árvore esperando a chuva passar, quando foi abordado por dois homens que se aproximaram também em uma motocicleta. 

Para a Polícia Civil, a principal suspeita é a de que o cabo foi alvo de uma tentativa de assalto, e que ele teria sido morto porque reagiu. "Houve, inclusive, uma troca de tiros. Um dos criminosos teria sido baleado, mas fugiu ferido", relatou o delegado Marcos Vinícius, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Nem a moto nem a arma do cabo foram levadas.

Este ano, 12 PMs já foram mortos no estado.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário