RN BATE RECORDE HISTÓRICO DE ASSASSINATO DE POLICIAIS!


Que a Segurança Pública do Rio Grande do Norte vai de mal a pior, já é notícia antiga. Que o Governo do Estado tem sido simplesmente ineficaz, é desnecessário comentar, pois os potiguares já viram em 2017 a maior fuga Prisional da História ( no PEP), a maior rebelião com mortes  da História ( em Alcaçuz), a maior matança de Civis da História ( mais de mil em 05 meses) e o maior sucateamento das polícias da História ( PM operando com 70% do efetivo e PC operando com 25% do efetivo). 

Também esse ano o IPEA, junto com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, deram ao RN o título nada lisongeiro de Estado onde a violência mais cresceu em dez anos ( 232%)… Com o detalhe que esse título se refere ao período 2005 a 2015 , isto é, excluiu os dois anos recordes de violência nas Terras Potiguares ( 2016 e 2017). Pois bem, em 2017 o RN agora bateu também seu recorde histórico de matança de policiais. É tudo de ladeira abaixo!

Com cerca de 70 policiais assassinados nos últimos anos, sendo 12 apenas esse ano, mais um número ainda maior de mortes de vigias, vigilantes, guardas municipais, etc, podemos dizer que temos uma verdadeira caçada a Operadores de Segurança nesse Estado. Some também os ataques de outros tipos a policiais, como assaltos, arrastões em residências e agressões: o número de ocorrências é incalculável!

O Governador e seu staff silenciam sobre o assunto. O Ministério Público silencia sobre o assunto. Já as Facções Criminosas não: são reiteradas as notícias de ordens emanadas das cúpulas das tais Organizações Criminosas para atacar policiais – tudo muito bem divulgado em redes sociais. Por que o Estado abandona seus Operadores de Segurança? A população, que já foi abandonada há tempos, faz essa pergunta.

Na já citada pesquisa sobre violência no Brasil, feita pelo IPEA e Fórum Brasileiro de Segurança Pública, dois Estados brasileiros lideram a redução estatística de homicídios: São Paulo (-44,3%) e Rio de Janeiro (-36,4%). Interessante que justamente esses dois Estados lideram o ranking, na mesma pesquisa, de morte de bandidos decorrentes de ação policial. O ensino é claro: para diminuir os homicídios aleatórios, é fundamental que as Polícias ajam com força total contra os matadores do tráfico e latrocidas. Está nos números: para diminuir a força letal do crime, é necessário usar a força letal CONTRA o crime!

É preciso assumir que há uma Guerra Civil em andamento e lutar essa Guerra como Guerra, para vencer. Chega de blá blá blá sobre uma suposta ” crise de Segurança Pública”! Crise dá é passa! O que vemos é a escalada de uma Guerra que só tem comparação, em sua letalidade, com os conflitos  no Oriente Médio. São os fatos!
 
Chega de discursos e reuniões de planejamento! O Rio Grande do Norte precisa de ação!
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário