EM DESTAQUE

Saúde dos filhos é prejudicada por décadas em casos de divórcio conflituoso

Foram avaliados 201 adultos saudáveis, que concordaram em ser colocados em quarentena.
 
Pesquisadores da Universidade Carnegie Mellon, nos EUA, descobriram que um divórcio conflituoso pode prejudicar a saúde dos filhos por décadas. Foram avaliados 201 adultos saudáveis, que concordaram em ser colocados em quarentena, expostos a um vírus que causa o resfriado comum e monitorados por cinco dias. 
 
Os cientistas observaram, segundo o jornal O Globo, que aqueles cujos pais se separaram e não se falaram durante anos eram três vezes mais propensos a adoecer, quando comparado àqueles cujos pais permaneceram em contato mesmo após o divórcio. "As experiências estressantes no início da vida fazem algo com a nossa fisiologia e processos inflamatórios que aumenta o risco de uma saúde mais fraca e doenças crônicas", afirmou Michael Murphy, associado de pesquisa de pós-doutorado em psicologia. 

"Este trabalho é um avanço na nossa compreensão de como o estresse familiar durante a infância pode influenciar a susceptibilidade de uma criança a doenças 20-40 anos depois", acrescentou. Foi apontado que o maior risco de contrair doenças está relacionado a uma inflamação aumentada em resposta a uma infecção viral.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário