EM DESTAQUE

Mulher é considerada culpada por acusações falsas de estupro e assédio contra 15 homens

Yahoo Notícias - Uma mulher que afirmava ter sido estuprada ou assediada sexualmente por 15 homens, foi considerada culpada por fazer alegações falsas.

As mentiras de Jemma Beale, de 25 anos, colocaram um homem atrás das grades e fizeram com que outro fugisse do país. Beale, de Bedfont, Hounslow, na Inglaterra, foi considerada culpada em quatro acusações de falso testemunho e quatro acusações de obstrução de justiça. após um julgamento no Tribunal de Southwark.

Ela afirmava ter sido assediada sexualmente por seis homens e estuprada por nove, durante quatro eventos diferentes, num período de três anos.

Em 2010 uma denúncia de estupro feita por Beale levou à prisão de um dos homens – Mahad Cassim – por sete anos. Ela havia dito à polícia que Cassim a estuprou após oferecer uma carona para a sua casa – mas ele alegou que ela o instigou e ordenou que tirasse suas roupas íntimas.

Beale disse no tribunal que era lésbica e que não tinha interesse no sexo oposto, acrescentando: “Eu nunca vou pedir que um homem que eu não conheço transe comigo. Eu não sou bissexual”.

Num depoimento, na época do julgamento de Cassim, ela disse: “Eu sinto que qualquer sentença que ele receber nunca irá refletir a sentença de vida que ele me deu”. Ela acabou recebendo £11 mil (cerca de R$ 46 mil) como forma de compensação.

No entanto, quando uma antiga namorada de Beale disse à polícia que Cassim havia sido preso com base em alegações falsas, detetives do Comando de Crimes Sexuais, Exploração e Abuso Infantil (SOECA, na sigla em inglês) iniciaram uma investigação, em dezembro de 2013.

Na época, os policiais estavam investigando outra alegação de Beale, que afirmava ter sido estuprada por um grupo de homens em Feltham, em novembro daquele mesmo ano.

Quando os detetives analisaram as denúncias de Beale entre 2010 e 2013, identificaram diversas similaridades – e muitas discrepâncias comuns.

As dúvidas em relação à validade dos depoimentos de Beale levaram à revogação da sentença de Mahad Cassim após uma apelação, em julho de 2015.

Um caso diferente fez com que outro homem acusado, Noam Shazad, fugisse para o Paquistão após Beale denunciá-lo por estupro.

Ela afirmava que Shazad a assediou em um pub, antes que ele e um grupo de três homens a estuprassem num estacionamento, próximo ao local. Desde então, todas as queixas contra Shazad foram descartadas.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva Divulgação

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário