EM DESTAQUE

'Aécio me deve desculpas pessoalmente': Fagner diz estar triste e decepcionado

Foto: Orlando Brito / Coligação Muda Brasil
 
O cantor e compositor cearense Fagner, que apoiou oficialmente a campanha de Aécio Neves à Presidência da República, revelou estar decepcionado com o senador tucano, em entrevista à revista Veja. “Aécio não apenas me decepcionou, mas foi muito triste. Sou amigo dele e essa amizade nunca vai deixar de existir. Mas o que eu me envolvi com ele, o que eu acreditei…”, disse o artista, lembrando ter participado de diversas campanhas. “O que eu subi em palanque para ele, desde a campanha dele para deputado. 
 
Me envolvi em todas as suas campanhas, as pessoas acharam até estranho porque ele era um garoto e eu já era um nome consagrado. Eu emprestei muito esse trabalho para o Aécio. Para mim, foi uma punhalada. Eu não merecia isso porque emprestei o meu respeito e pisou na bola legal. Aécio me deve desculpas pessoalmente”, acrescentou Fagner, que demonstrou estar descrente na melhora do país a curto prazo. Segundo ele, o Brasil tem jeito, não agora. “Eu acho que a gente não vai conseguir dar uma limpada na política. 
 
O que a gente talvez vá conseguir é estimular a entrada de pessoas que antigamente não queriam saber de política. Porque os políticos que temos hoje, não se tira facilmente. O Brasil tem uma política corporativista familiar: sai um sujeito, vem os filhos, os netos. A gente tem de estimular a entrada de pessoas honestas”, conclui.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva Divulgação

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário