EM DESTAQUE

CDS EM DESTAQUES

Cinco mulheres são mortas em 48 horas no Ceará e casos de feminicídios chegam a 179 em 2017

Quatro das cinco mulheres mortas nas últimas 48 horas no Ceará.

Em menos de 48 horas, cinco mulheres foram assassinadas no Ceará. Com os crimes ocorridos entre a última terça-feira  (15) e o começo da manhã desta quinta feira (17), sobem para 179 os casos de feminicídios no estado. Somente neste mês de agosto já foram registrados 20 homicídios do gênero.
 
Na noite da última terça-feira (15), a Polícia fez o registro do assassinato de uma mulher na cidade de Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). O corpo de Maria Erivânia de Oliveira, 31 anos, foi encontrado dentro do seu carro, parado nas margens da BR-116 (Rodovia Federal  Santos Dumont). A mulher foi morta com vários tiros na cabeça e a Polícia não sabe, ainda, a motivação do crime. Porém, há suspeitas de uma tentativa de assalto.
 
Na mesma noite, também foi registrado um feminicídio em Juazeiro do Norte, no Cariri. O crime ocorreu no bairro Timbaúbas, na periferia da cidade, onde a dona de casa Ana Lúcia Agustinho de Morais, 45 anos, acabou assassinada a tiros. Segundo a Polícia, ela respondia por crime de tráfico de drogas.
 
O terceiro caso ocorreu na noite de quarta-feira, no Município de Farias Brito, também no Cariri, onde a agricultora Cleidiana Roseno de Sousa, 31 anos,  foi assassinada com um tiro no ouvido pelo ex-companheiro, o comerciante Germano Oliveira da Silva, 47, que fugiu logo após o crime. Horas depois, o carro dele foi encontrado abandonado defronte a casa de um tio dele, numa estrada na localidade Sítio Clemente, zona rural.  Germano continua foragido.

Mais casos - Também ontem, por volta das 21 horas, um casal foi assassinado, a tiros, na cidade de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Uma jovem, ainda não identificada, e seu companheiro foram executados sumariamente a tiros quando estavam sentados, conversando, no banco de uma praça localizada na Rua Monteiro Gondim.  Testemunhas afirmam que as vítimas foram surpreendidas com a chegada dos assassinos já atirando contra os dois.
 
E na manhã desta quinta-feira (17), mais uma mulher morta no Cariri. A vítima, não identificada, foi assassinada a golpes de punhal e o corpo encontrado, por volta de 7 horas, em um matagal situado na Rua Manoel Amorim dos Santos, no bairro Campo Alegre, na periferia da cidade de Juazeiro do Norte. O cadáver estava encoberto com panos e a Perícia Forense encontrou o punhal cravado no pescoço da vítima.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário