Deputada chamada de “gostosa” entra no Conselho de Ética para saber quem foi o machista

Fonte - Chamada de “gostosa” ao microfone no dia da votação da denúncia contra o presidente Michel Temer na Câmara, a deputada federal Sheridan (PSDB–RR) decidiu entrar com uma representação no Conselho de Ética. Ela quer que o Legislativo investigue qual deputado foi responsável pelo grito no plenário, no momento em que seu nome foi anunciado. Sheridan se ausentou daquela sessão.

Segundo a tucana, é preciso apurar de quem partiu o comentário machista. A parlamentar diz que “infelizmente” é preciso lidar com esse tipo de comentário, considerado por ela uma “exceção”, mas defende que as mulheres não se calem, quando ofendidas. “Não tem como deixar passar e só oficiar a Casa através da mesa (diretora) sobre o que houve. Vão ter que apurar, até porque nem sabem quem deles foi que fez a graça. Não é regra, mas as exceções se destacam, infelizmente temos que lidar, porém, não podemos calar”, disse Sheridan.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário