EM DESTAQUE

Estudo investiga tempo de permanência do vírus zika no organismo

ZIKA
Identificar o tempo de permanência do vírus zika no organismo é o objetivo do estudo iniciado pela Fiocruz Pernambuco em parceria com o Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco (HC/UFPE) e a Organização Mundial de Saúde. Para isso estão sendo coletados fluidos (urina, saliva, sêmen, suor, lágrima, secreção vaginal e fezes) de pacientes com zika que dão entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Caxangá e nas unidades de saúde dos bairros da Várzea e da Caxangá e têm o diagnóstico confirmado através de exame molecular (PCR).

Essas pessoas terão acompanhamento médico por um ano, no ambulatório montado no andar térreo do HC. A meta, no estado, é incluir 160 pacientes (80 homens e 80 mulheres) na pesquisa ZikaBRA, que também está sendo realizada no Rio de Janeiro, pelo Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) e no Amazonas, pela Fundação de Medicina Tropical, com o total de 480 participantes.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário