Família denuncia negligência; Família leva bebê para tratar queimadura em hospital e ele acaba morrendo

Na última sexta-feira (11) um bebê de apenas 1 ano e 6 meses identificado como Júlio, morreu após dar entrada no hospital para tratar de uma queimadura no braço. O caso aconteceu no Hospital Regional de Gurupi, em Tocantins.
 
Segundo os pais da criança, a morte foi ocasionada por uma medicação dada ao bebê. Júlio queimou o braço com um ferro de passar roupas e teve queimadura de 2º grau em um dos braços. Após a medicação injetada na criança ela sofreu uma parada cardíaca e morreu. A declaração de óbito diz que Júlio morreu devido a uma parada cardiorrespiratória, insuficiência respiratória, edema agudo no pulmão e choque anafilático. 
 
Os pais de Júlio acusam o hospital de negligência médica e disseram não ter conhecimento de nenhuma alergia do filho e nenhum teste foi realizado no hospital para detectar algum sintoma alérgico a medicação dada. Uma sindicância foi instalada no hospital para apurar a causa da morte de Júlio.
cats.jpg
Pais da criança

cats.jpg
Declaração de óbito de Júlio
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário