EM DESTAQUE NO BLOG

Feminicídios crescem mais de 127% nos dois últimos anos no RN

o-MARIA-DA-PENHA-VIOLENCIA-CONTRA-A-MULHER-facebook
Em 2017, 86 mulheres já foram assassinadas no Rio Grande do Norte, entre 1º de janeiro e a manhã de ontem (8). Desse total, 25 foram vítimas de feminicídio, crime que no Código Penal brasileiro é representado no Inciso VI do Artigo 121 (homicídio qualificado). É um crime cometido contra a mulher pela condição de a vítima ser do sexo feminino.

O estado registra um aumento de 56,3% desse tipo de assassinato em relação ao mesmo período de 2016. Segundo o Observatório da Violência Letal Intencional do Rio Grande do Norte (OBVIO-RN), naquele ano, 16 mulheres haviam sido vítimas de feminicídios entre janeiro e agosto.

Se comparado com 2015, o aumento de casos de mulheres mortas por questões de gênero é ainda maior, neste ano, subindo para mais do que o dobro. Em 2015, 11 vítimas femininas haviam sido mortas em crimes de feminicídio. Como em 2017 já foram 25, percentualmente o acréscimo é de 127,3% de um ano para o outro, aponta o OBVIO.

Mais um crime dessa natureza chocou a sociedade potiguar. Na madrugada de ontem, Macaíba, na Região Metropolitana de Natal, registrou um dos últimos casos até aqui, no estado, que ajudaram a elevar as estatísticas do feminicídio. Rosimere Ferreira Queiroz Silva, 25, foi morta por estrangulamento, por volta da meia noite de terça-feira.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário