Guerra de facções na Capital deixa três mortos, feridos e escola infantil invadida

No bairro Edson Queiroz, onde dois homens foram mortos, a Polícia recolheu balas de escopeta e pistola.

Em menos de 24 horas, a “guerra” de facções deixou três mortos na Capital, além de feridos e uma escola pública invadida.  Os conflitos armados envolveram bandidos do Comando Vermelho (CV) e da  Guardiões  do Estado (GDE), mobilizando a Polícia Militar. O primeiro ataque ocorreu na tarde desta segunda-feira (14), quando criminosos armados invadiram a escola ABC, no bairro Cristo Redentor, com a intenção de matar um integrante da “Gangue do Pintinho”, ligada ao CV. Eram bandidos da GDE. A escola fica a poucos metros do Quartel da 3ª Companhia do 5º BPM.  Mesmo assim, os criminosos não se intimidaram. Porém, o atentado não foi concretizado e eles fugiram.

Segundo ataque - Já na noite, por volta de 23 horas, outro confronto entre facções criminosas deixou uma pessoa morta e outras três feridas em um tiroteio. O confronto ocorreu no bairro Álvaro Weyne/Floresta, na zona Oeste da Capital.  Segundo testemunhas, bandidos em um carro desembarcaram e passaram a atirar contra as pessoas que estavam no local.  Quatro ficaram feridos. Um dos jovens baleados deu entrada, em estado grave, na Emergência do Instituto Doutor José Frota (IJF-Centro) e morreu minutos depois. Familiares do morto se recusaram a fornecer o nome dele.  Os outros feridos também foram atendidos no mesmo hospital.

Terceiro ataque - No começo da manhã desta terça-feira (15), um duplo homicídio foi registrado na zona Leste de Fortaleza. Bandidos da facção criminosa GDE (Guardiões do Estado), invadiram uma residência e mataram dois homens que, supostamente, seriam integrantes do Comando Vermelho.  Era por volta de 5 horas, quando criminosos armados, que seriam integrantes da gangue da Baixada,  invadiram uma residência na Rua do Gelo e fuzilaram dois homens dentro da casa. 
 
Minutos depois, a Polícia Militar apareceu no local com várias viaturas. No entanto, os assassinos já haviam desaparecido. Eles teriam fugido à pé e se embrenharam na favela da Baixada.  Os corpos das vítimas ficaram dentro da residência. Cápsulas de balas de pistola foram encontradas e recolhidas.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário