EM DESTAQUE

CDS EM DESTAQUES

Homem é preso em flagrante por ejacular em passageira no Rio

O Globo - Um homem foi detido por assédio sexual depois de ejacular na perna de uma passageira na manhã desta quinta-feira, na estação Mato Alto do BRT, em Guaratiba, na Zona Oeste do Rio. De acordo com o Consórcio BRT, logo depois da agressão, a vítima procurou policiais do Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis), que trabalham nesse sistema de transporte coletivo da cidade. Os agentes, então, prenderam o homem em flagrante.

Ainda segundo o BRT, o suspeito foi encaminhado para a Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Campo Grande, também na Zona Oete, para registro de ocorrência. Em nota, o BRT repudiou a atitude. “O Consórcio BRT repudia qualquer tipo de assédio, desenvolve campanhas de conscientização e firma parcerias para combate à violência contra a mulher”.

No começo de agosto, um outro caso de abuso sexual dentro de um meio de transporte chocou o Rio. Um engenheiro de produção de 30 anos, morador do Leblon, foi preso soba a acusação de ter estuprado uma adolescente de 14 aos dentro de um ônibus, durante uma viagem que do Rio até Maricá, na Região Metropolitana do estado. Ele foi preso na portaria do prédio onde mora com a mulher.
Fábio Guimarães / Agência O Globo

O homem foi identificado pela vítima por causa de um casaco de que utilizava quando teria molestado a menina. A peça tinha a inscrição da palavra Porto, e foi comprada pelo homem durante uma viagem ao exterior. Além do casaco, a vítima também reconheceu o acusado por meio de imagens do circuito interno do ônibus da empresa onde a vítima foi abusada.

O crime teria ocorrido quando a vítima foi levada pela mãe até o Terminal Menezes Côrtes, no Centro, onde embarcou num ônibus para Maricá, onde mora seu pai. O engenheiro embarcou no mesmo ponto e se sentou perto da adolescente. Na altura da Ponte Rio-Niterói, o acusado passou para um assento próximo ao dela e, afirmando estar armado, começou a assediá-la. 

O engenheiro, na verdade, não estaria armado, mas usou do artifício para assustar a vítima e impedir que ela reagisse. A jovem contou que o engenheiro tocou em partes de seu corpo e exigiu que ela fingisse retribuir a beijos para que não chamasse atenção dos outros passageiros.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário