Justiça nega pedido da mãe de Geddel para devolver documentos

O desembargador Ney Bello, do TRF de Brasília, negou nesta sexta-feira (15) um pedido feito pela mãe do ex-ministro Geddel Vieira Lima, Marluce Quadros Vieira Lima, segundo informações da revista eletrônica Veja.com. A publicação diz que a matriarca da família pedia a devolução do que foi encontrado no apartamento dela e a nulidade da busca e apreensão, sob argumento de que não tem relação com as negociatas do filho.
 
“Se o inculpado era capaz de armazenar 51 milhões em apartamento de um não parente, desprovido de qualquer segurança, sem declaração ao imposto de renda, sem a mínima comprovação de origem, como não inferir a possibilidade de utilizar-se do apartamento da mãe para guardar dinheiro não declarado ou documentos relevantes para a investigação?”, disse o desembargador na decisão.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário