Motorista é responsabilizado por acidente que matou cantora de forró Eliza Clívia

Divulgação

Ex-vocalista da Banda Cavaleiros do Forró e o marido dela, o baterista Sérgio Ramos, morreram após sofrerem um acidente de carro em junho deste ano.

G1 - Orelatório do inquérito que apurou a morte da cantora paraibana Eliza Clívia, de 37 anos, ex-vocalista da Banda Cavaleiros do Forró, e do marido dela, o baterista Sérgio Ramos, foi concluído na manhã desta quarta-feira (13). Segundo a delegada de Delitos de Trânsito Daniela Lima, as investigações apontam que Clebton José dos Santos, motorista que dirigia o carro da cantora, foi o responsável pelo acidente, que aconteceu em 16 de junho deste ano em Aracaju.

“Podemos concluir com toda a tranquilidade, após exaurir todas as possiblidades de produção de provas através de depoimentos e provas técnicas, que a causa do acidente foi provocada pela entrada do veículo Pálio da via. E concluímos pelo indiciamento do senhor Clebton por homicídio culposo de trânsito e por lesão corporal culposa de trânsito”, explicou a delegada ao “G1”.

Lima contou que ouviu  sobreviventes e testemunhas. Ela esteve em Arapiraca, em Alagoas, para interrogar o motorista, que ainda se recupera do acidente. “Ele não tem memória do choque. Mas tem um relato de momentos antes de que estava utilizando um GPS para se guiar, já que não conhecia a cidade”.

O laudo revelou que o ônibus ia a uma velocidade entre 48 km/h a 62 km/h. O automóvel estava a 22 km/h no momento em que invadiu a preferencial. Os peritos afirmam que o motorista do ônibus levou pouco mais de um segundo para reagir, mas não seria possível evitar a batida, mas se estivesse na velocidade permitida na via, que é de 30 km/h.

O site também tentou contato com o motorista, mas não obteve retorno.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário