Nelter Queiroz propõe maior inclusão de leite de cabra no Programa do Leite Potiguar

Resultado de imagem para IMAGENS  cabraS PotiguarBuscando alternativas intersetoriais que visem amenizar os estragos econômicos e sociais causados pela estiagem severa que perdura no Rio Grande do Norte há seis anos consecutivos, o deputado estadual Nelter Queiroz (PMDB) propôs ao Governo do Estado, através de requerimento protocolado na Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Norte (ALRN) na última semana, que realize uma maior inclusão do leite caprino no Programa do Leite Potiguar (PLP).

Segundo o parlamentar, esta medida aqueceria a economia do RN devido ao fortalecimento da caprinocultura, principalmente, entre os micros e pequenos pecuaristas, uma vez que a criação de cabras e bodes não necessita de grandes extensões territoriais, nem de grandes investimentos financeiros e muito menos de altos índices pluviométricos para que esta se torne sustentável, tendo, assim, todas as condições favoráveis em território potiguar.

Ainda de acordo com o deputado, a iniciativa também beneficiaria diversas famílias potiguares carentes, já que em muitos casos crianças, jovens e adultos apresentam algum tipo de resistência ao leite bovino - atualmente oferecido no PLP em maior quantidade - sendo, assim, uma nova forma de alimentar e nutrir diversas famílias. “O leite de cabra é uma ótima fonte nutritiva ao ser humano por possuir diversos açúcares, gorduras (com baixo teor calórico), proteínas e vitaminas, e o consumo diário de 1 litro pode suprir até 1/3 das necessidades alimentares diárias de um ser humano adulto. Além desses benefícios citados anteriormente, o estímulo à caprinocultura também beneficiaria a produção de vários produtos derivados do leite oriundo desses animais, diversificando e aquecendo ainda mais nossa economia”, destacou Nelter.

Em sua linha de argumentação, Nelter Queiroz defende que o fortalecimento da caprinocultura em terras potiguares é de fundamental importância para o fortalecimento de toda cadeia produtiva, econômica e social do Estado, principalmente, devido à grave situação financeira e hídrica em que o RN está inserido. “A produção do leite bovino está se tornando a cada dia mais e mais insustentável, devido ao seu alto custo e a seca que nos castiga severamente, situação que prejudica diretamente todos os pecuaristas do Estado”, salientou.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário