Redes sociais voltam a ficar coloridas em repúdio à “cura gay”

blog-de-sao-vicente-rn-20-09-17-0
As redes sociais voltaram a ficar coloridas nesta terça-feira, 19, em repúdio à decisão do juiz federal Waldemar Cláudio de Carvalho que proibiu o Conselho Federal de Psicologia (CFP) de impedir psicólogos que façam tratamento de “reorientação” sexual.

Em ressonância aos protestos nas redes, o Facebook trouxe de volta o filtro arco-íris que foi lançado em junho de 2015 após a Suprema Corte dos Estados Unidos legalizar em todo o território norte americano o casamento gay. A função voltou a ser utilizada diversas outras vezes, inclusive durante o mês do Orgulho LGBTQ.

O Google também entrou na conversa lançando a hashtag #TrateSeuPreconceito. Em seu perfil no Facebook, a empresa acrescentou: “o amor não precisa de cura. Durante a tarde desta terça-feira, 19, a hashtag #curagay liderou as menções no Twitter.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário