Um morre e quatro são presos durante perseguição policial na Via Costeira, em Natal, enquanto que gerente de banco é encontrado amarrado

G1 RN - Um homem morreu e outras duas pessoas ficaram feridas na manhã desta sexta-feira (29) em um acidente provocado por bandidos em fuga na Via Costeira, principal corredor hoteleiro de Natal, na Zona Leste da cidade. Quatro criminosos, que estavam armados, foram presos. 
 
Segundo a Polícia Militar, os assaltantes estavam em um HB20 de cor prata, roubado, quando a polícia deu ordem de parada por considerar a atitude dos ocupantes suspeita. Eles estavam próximo à praça conhecida como Praça do Disco Voador, no bairro Ponta Negra. Ao perceber a ação, o grupo tentou fugir e atirou contra a viatura. Foi aí que começou a perseguição. 
 
Já na Via Costeira, em frente ao hotel Sehrs, o carro onde estavam os criminosos atravessou o canteiro central e acabou colidindo com uma moto e outro carro que vinham no sentido oposto. Com o impacto, um casal que estava na moto perdeu o controle e caiu. O homem, de 34 anos, não resistiu à pancada e morreu. Ele levava a mulher para o trabalho. Ela ficou ferida. O motorista do carro que também bateu no veículo dos criminosos teve uma fratura no pé e também foi socorrido. O veículo virou com a batida. Com os quatro homens presos, os policiais que participaram da perseguição apreenderam dois revólveres, cocaína e um colete à prova de balas. 
 
Enquanto isso o gerente do Banco do Brasil que foi feito refém na manhã desta sexta-feira (29) na Zona Norte de Natal foi encontrado dentro da agência envolto com explosivos falsos. A Polícia Militar invadiu o prédio, mas encontrou apenas a vítima. Os criminosos haviam fugido. 
 
A família do gerente também foi encontrada e passa bem. As informações são do coronel Zacarias Mendonça, comandante do Policiamento Metropolitano da PM. Por volta das 11h15, a PM confirmou que os explosivos eram falsos e não precisaram ser detonados. O caso aconteceu na agência do Banco do Brasil na avenida Tomaz Landim, no bairro Igapó. O prédio foi cercado pela PM no início da manhã desta sexta-feira (29) após um chamado informando que o funcionário havia sido feito refém. 
 
Além das equipes do 4º Batalhão da Polícia Militar, responsável pelo policiamento da área, foram deslocados grupos do Batalhão de Choque da PM e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope). Ainda de acordo com a PM, equipes que foram até a casa do gerente, no bairro Nova Parnamirim, na Grande Natal. O imóvel foi encontrado aberto e todo revirado. O comércio no entorno do banco foi fechado e o tráfego de veículos interrompido na avenida, que é uma das mais movimentadas da Zona Norte da capital. 


Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário