EM DESTAQUE

Processo Contra Temer: Bancada potiguar teve 5 votos favoráveis à rejeição e 3 contrários


A Câmara votou nesta quarta-feira (2), a segunda denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB) por corrupção passiva. A ordem de deputados a declararem seus votos no microfone do plenário foi semelhante à da sessão do dia 17 de abril de 2016, dia em que a Casa autorizou a abertura do processo de impeachment contra a ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Os parlamentares foram chamados em ordem alfabética, por Estado, alternadamente do Norte para o Sul e vice-versa.

A bancada do Rio Grande do Norte registrou 5 votos favoráveis ao presidente Temer 3 a favor do prosseguimento da denúncia. O primeiro a se manifestar foi Antônio Jácome (PODE), que votou contra o arquivamento da denúncia. O segundo a declarar o voto foi Beto Rosado (PP), que se limitou a dizer que acompanhava o voto do relator da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), assim como os colegas Fábio Faria (PSD), Felipe Maia (DEM) e Walter Alves.

Rogério Marinho (PSDB) foi o único do grupo que votou pela rejeição da denúncia que aproveitou a ocasião para criticar as gestões do governo do PT. Completando os três votos a favor da denúncia, Rafael Motta (PSB) e Zenaide Maia (PR) também aproveitaram o breve momento de manifesto para atacar o presidente Temer.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva Divulgação

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário