EM DESTAQUE

Proprietários de carros que revendem água usando caixas de reúso protestam contra mudança


Jair Sampaio - Proprietários de carros que revendem água potável utilizando caixas de reúso, fazem protesto contra a ação da vigilância sanitária em Caicó que começa a cobrar a mudança dos vasilhames por caixas azuis e inspecionadas pelo órgão. “Essas caixas são usadas aqui em Caicó há mais de 30 anos, e só porque agora descobriram isso? É muito estranho, concorda? Nós acreditamos que tem gente grande por trás. Olha, muitos empresários compraram caminhões-pipas e não ganharam dinheiro, porque tem que colocar um motorista e um ajudante, já nós, com as caixinhas brancas, trabalhamos sozinhos e facilitamos a entrada da água, tão essencial nesse momento em Caicó”, desabafa Willian, um dos afetados com a medida da vigilância.

Um outro pipeiro desabafa: “Com essa medida a água vai custar mais de R$ 40,00 mil litros, escrevam o que estou dizendo, isso é uma jogada dos grandes para ganharem dinheiro fácil. Nós e a população vamos ficar no prejuízo porque a Caern não tem como atender a demanda, falta água para as adutoras. Só quem pode comprar as caixas que a vigilância quer são os ricos, os pobres não podem chegar nem perto”, conclui. Para Rouse Medeiros, Fiscal de Vigilância Sanitária (IV URSAP – Unidade Regional de Saúde Pública), o uso das caixas brancas é indevido. Sabe-se que o material é poroso e muitas destas foram usadas no transporte de solução de bateria e outros reagentes químicos, inclusive esta versão é confirmada pelos próprios motoristas que se dizem afetados.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário