WEB - MIX SV

EM DESTAQUE

Senado aprova em 2º turno PEC que cria as polícias penais

Plenário do Senado durante sessão deliberativa ordinária. Ordem do dia. Em pronunciamento, senador Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN). Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado
Novamente por unanimidade, o Senado aprovou – desta vez em segundo turno – a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 14/2016, do senador Cássio Cunha Lima, que cria as polícias penais federal, estadual e distrital. A proposição agora será apreciada pela Câmara dos Deputados. Se também for aprovada naquela Casa, os agentes penitenciários passarão a ter os direitos inerentes à carreira policial. “Diante da difícil situação enfrentada pelos agentes penitenciários no dia-a-dia, a aprovação dessa PEC serve como um alento.

 Essa categoria merece todo o apoio do Poder Público, inclusive para que não se repita a situação que assistimos há poucos meses, quando os agentes penitenciários, indefesos, se tornaram reféns em seguidas rebeliões que se sucederam nas penitenciárias”, afirmou Garibaldi Filho. O projeto de Cássio Cunha Lima inclui as polícias penais federal, estadual e distrital no rol dos órgãos do sistema de segurança pública e determina como sua competência a segurança dos presídios e a escolta de presos. O autor explicou que a intenção é igualar os direitos de agentes penitenciários e policiais e liberar as polícias civis e militares da função de guardar e escoltar presos.

Cada polícia penal estará vinculada ao respectivo órgão administrador do sistema penal da unidade federativa a qual pertencerem e estabelece que as polícias penais serão formadas pelos atuais agentes penitenciários e por novos servidores admitidos por meio de concurso público.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário