EM DESTAQUE

CDS EM DESTAQUES

Carros-pipa paralisam operação no Interior do Ceará em protesto


Segundo o Sindicato dos Pipeiros, 1.800 carros-pipa que transportam água para a Operação Pipa deixaram de abastecer as cisternas das comunidades rurais dos 128 municípios cearenses. Cerca de 1.800 proprietários de carros-pipa que transportam água para o programa emergencial do governo federal - Operação Pipa deixaram de abastecer as cisternas das comunidades rurais dos 128 municípios cearenses assistidos. O serviço foi paralisado na manhã desta segunda-feira. Os proprietários dos caminhões, pipeiros, apontam uma falha no sistema de rastreamento veicular utilizado para monitorar as rotas como principal causa da paralisação.

Conforme o presidente do Sindicato dos Pipeiros do Estado do Ceará (Sinpece), Eduardo Araújo, o prolongamento da paralisação vai provocar um colapso no abastecimento de 800 mil moradores de comunidades rurais assistidas pela Operação Pipa. Para retornarem às rotas, eles querem uma solução imediata. 
 
A contratação de outra empresa. A falha eletrônica está causando prejuízos financeiros além de atraso no pagamento. Marcelo Araújo ressalta que a equipe do Exército até se esforçou para contornar o problema. O equipamento, que funciona por meio de GPS, não está registrando todos os percursos nos relatórios de conferência do Comando de Operações Terrestres (Coter) do Exército Brasileiro, responsável pela fiscalização. Os fiscais resolveram fazer a aferição das rotas pelo print do mapa da rota do dia, mas as falhas se tornaram mais constantes, inviabilizando a verificação manual.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário