EM DESTAQUE

CDS EM DESTAQUES

Juros de cartão despencaram de 431,1% para 227,5% ao ano, em apenas 5 meses

Os custos menores no cartão também decorrem da redução da taxa básica de juros. A Selic estava em 12,25% ao ano em março e agora já baixou para 7,5% ao ano. Esse recuo levou, por exemplo, a taxa média do crédito pessoal, que inclui linhas de consignado e não consignado, de 54,2% em janeiro para 48,5% ao ano em setembro.

Desde que o governo Temer editou as novas regras para o empréstimo rotativo, que começaram a valer, no início de abril, os juros anuais do cartão de crédito já caíram mais de 200 pontos percentuais. O que mostra o Banco Central:
 
As taxas caíram de 431,1% ao ano para 227,5%. O mercado saiu de taxa de quase 15% ao mês para perto de 10% em cinco meses. As novas regras definidas pelo Banco Central limitam o uso do rotativo ao período de um mês. Acima desse prazo, a quitação do saldo em aberto da fatura deve ser feita à vista ou por meio de parcelamento oferecido pelas instituições, com juros mais baixos.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário