EM DESTAQUE

Número de casamentos entre homens cresce 64% no RN, aponta IBGE

Número de casamentos entre homens cresce 65% no RN em 2016 (Foto: Cristina Boeckel/G1).

G1 RN - Em 2016 o número de casamentos entre homens cresceu 64,71% no Rio Grande do Norte em relação a 2015. Já o casamento entre mulheres caiu 3,23% no estado. Os dados fazem parte da pesquisa sobre Estatísticas do Registro Civil feita pelo IBGE e traz números de casamentos, divórcios, nascimentos e óbitos registrados em cartórios. De acordo com o levantamento, em 2016 o Rio Grande do Norte registrou 28 casamentos entre dois homens. Em 2015 foram 17. Em relação ao casamento entre mulheres, em 2016 foram 32 e e em 2015, 31. O casamento de casais heterosexuais teve redução de 1,37%. Foram 15.838 em 2016 e 16.056 em 2015.

Divórcios

Houve, em 2016, no Rio Grande do Norte, 2.635 divórcios (um aumento de 23,65% em relação ao ano anterior, 2.131). A maior parcela dos divórcios (37,8%) foi de casais com mais de 20 anos de casados. No Brasil, o tempo médio entre a data do casamento e a data da sentença ou escritura do divórcio é de 15 anos.

Número de nascimentos cai 9,85%

Em 2016 foram registrados 45.203 nascimentos no Rio Grande do Norte. Uma redução de 9,85% em relação a 2015 quando foram registrados 50.145 nascimentos no estado. De acordoc om o IBGE, pela primeira vez desde 2010, foi verificada uma queda no total de registros de nascimentos do país e em todas as Grandes Regiões. Na comparação com 2015, o Brasil apresentou uma redução média de -5,1% no total de nascimentos. A região com menor queda foi a Sul com -3,8% e o Centro-Oeste, com maior queda, -5,6%.

No Norte, a maior queda nos nascimentos foi registrada no Tocantins, com -8,0%. No Nordeste, a menor e a maior queda nos nascimentos foram registradas no Maranhão (-2,3%) e em Pernambuco (-10,0%), respectivamente. No Sudeste, as quedas variaram de -5,1% em São Paulo e -6,5% no Rio de Janeiro. No Sul as quedas nos nascimentos foram relativamente menores, variando de -2,2% em Santa Catarina e -4,7% no Rio Grande do Sul. No Centro-Oeste, a redução no número de nascimentos foi maior para o Mato Grosso (-6,8%) e menor para o Mato Grosso do Sul (-4,0%).

O estudo Estatísticas do Registro Civil é resultado da coleta das informações prestadas pelos cartórios de registro civil de todo o país desde 1974.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva Divulgação

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário