EM DESTAQUE

CDS EM DESTAQUES

Número de mulheres chefes de domicílios cresce 16,5% na BA e supera média nacional

Foto: Reprodução/ EBC
 
Nos últimos quatro anos (2012 a 2016), o número de mulheres chefes de domicílios aumentou na Bahia, é o que indica um levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) feito através da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad Contínua). De acordo com o estudo, o percentual de mulheres que são responsáveis pelos domicílios em que vivem passou de 24,4% para 28,2%. 
 
Em 2016, cerca de 2,2 milhões de mulheres foram identificadas nesta função, número superior em quase 300 mil em relação ao ano de 2012, quando elas eram cerca de 1,9 milhão. De acordo com o IBGE, o aumento na chefia feminina do domicílio foi acentuado entre 2015 e 2016 no estado, quando o número cresceu 16,5%, e ficou superior a média nacional, que é de 9,3%. 
 
A Bahia possui a quarta maior taxa entre os estados brasileiros. Em contrapartida, o percentual de mulheres baianas que, no domicílio, são apontadas como cônjuge ou companheira do (a) responsável passou de 29,3% em 2012 (cerca de 2,3 milhões de mulheres) para 28,1% (aproximadamente 2,2 milhões) em 2016.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário