EM DESTAQUE

Papai Noel leva mimos para os presos da Lava Jato

ISTOÉ - Não só as criancinhas bem comportadas receberão a visita de Papai Noel. Presenteado com uma tornozeleira e em prisão domiciliar há nove meses, o ex-diretor da Área Internacional da Petrobras, Nestor Cerveró, também vai faturar um agrado do Bom Velhinho. A partir de 24 de dezembro ele poderá sair de casa nos dias úteis, entre 10h da manhã e 8h da noite, para zanzar por aí. Regalo melhor ainda brindará outra ratazana da Lava Jato, que ajudou a enriquecer gatunos do PMDB, no esquema de desvio da Petrobras. 

Na mesma véspera de Natal, o lobista Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, deixará de ser monitorado pela algema canelar. Livre da vigilância eletrônica, ele terá apenas que dormir em casa, no Rio de Janeiro, e prestar seis meses de serviço comunitário. Depois disso, ganha o mundo.

No Ano Novo, fogos de artifício brindarão Pedro Barusco, o ex-gerente da Petrobras que roubou o suficiente para devolver mais de R$ 200 milhões à estatal e continuar bem de vida. No Réveillon, ele se livrará da tornozeleira eletrônica e, a partir de março, poderá até viajar ao exterior.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário