EM DESTAQUE

CDS EM DESTAQUES

Tenho micropênis? Passa de pai para filho? Mitos e verdades sobre o pênis

Getty Images/iStockphoto
 
Por Marcos Candido - Ele é conhecido, falado e até xingado, mas ainda paira sobre ele muitos mitos e dúvidas: o pênis. Saiba diferenciar o que é mito e o que é verdadeiro sobre a circunferência e o cumprimento deste órgão essencial para a reprodução e o prazer. Dizem que o tamanho do pé tem a ver com o tamanho do pênis. Também dizem que o tamanho da mão tem a ver com o tamanho do pênis.
 
Afinal, o tamanho do pênis tem a ver com outras partes do corpo?  
 
Você já deve desconfiar, mas isso é… Mito! Não há nenhuma evidência científica que associe o tamanho do nariz, do pé, dos dedos, da mão, do bumbum ou até do pomo de Adão com o tamanho existente lá embaixo.
 
Mas, então, a genética passada de pai para filho tem a ver com o tamanho do pênis?
 
Sim. A largura e comprimento do pênis possui traços genéticos que são herdados. Mas isso não quer dizer que é "tal pai, tal filho", claro. Levar uma vida estressada ou adquirir sobrepeso podem mudar as características estéticas do pênis. Também vale dizer que a influência dos genes maternos no filho também pode modificar a herança anatômica, fazendo que o pênis se pareça mais ou menos com o do pai.
 
Negros têm pênis maiores? Orientais têm pintos menores?

O comprimento médio dos norte-americanos fica na casa dos 14 centímetros ereto. Entre os brasileiros, a média fica entre 16 centímetros. Há uma tendência para que homens negros tenham pênis maior do que os de homens brancos, que por sua vez costumam ser maiores do que os amarelos. A média mundial de acordo com pesquisadores do Reino Unido é de 13 centímetros (a medição é sempre considerada com o pênis ereto). Acontece que temos mais de 6 bilhões de pessoas no mundo, com sociedades com características genéticas misturadas. Há casos em que orientais têm pênis maiores do que de homens negros. 
 
Acho meu pinto pequeno. O que pode defini-lo como "micropênis"?

Um micropênis é caracterizado por um pênis menor do que 7 centímetros ereto. Apesar disso, costuma-se classificar como micropênis aqueles que ficam entre 5 e 7 centímetros ereto. Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia, o tamanho do pênis normal pode variar de 8 a mais de 20 cm, em ereção, tamanho que os torna totalmente capazes de produzir prazer sexual para a parceira ou o parceiro. 
 
Pênis maiores apresentam maiores problemas de ereção com o passar dos anos?

Vamos lá: não é o tamanho "aparente" do pênis, em si, que define se o homem terá (ou não) uma disfunção erétil ao passar dos anos. Para que um pênis tenha uma boa ereção, ele precisa de um bom fluxo de sangue. As artérias que "abastecem" o pênis não são exatamente grandes. "As artérias podem ter milímetros", explica o urologista Emílio Serbe, com mais de mais de 50 anos de profissão, com 20 exclusivamente para tratamento de problema de saúde sexual masculina. Segundo o médico, um pênis com 20 a 22 centímetros de comprimento, se também tiverem um diâmetro avantajado, nem sempre será devidamente atendido pelas artérias com um bom fluxo. Leia bem: nem sempre. É possível ter quase um terceiro braço sem problema algum. É um dos motivos, ao menos da parte física, que pode causar problemas de ereção. O mesmo vale para pênis menores: não é por que eles precisam de menos sangue para ser preenchido que eles terão ereções mais potentes. A ereção é um fenômeno vascular. 
 
Dá para aumentar o tamanho do pênis?

Sim, mas é preciso fazer uma intervenção cirúrgica. E a operação é recomendada para homens com micropênis, como já falamos aqui: com menos de 7 centímetros. O nome da cirurgia é faloplastia e consiste em cortar um ligamento que projeta o pênis a um ou dois centímetros a mais de comprimento. 
 
As mulheres e homens preferem pênis mais comprido ou mais largos?

Da mesma forma que existem pênis grandes, também existem vaginas menores. Assim, um pênis grande pode causar dor quando introduzido em vagina pequena, independentemente da posição. Além disso, mesmo com pênis, digamos, na média, algumas posições podem causar desconforto na mulher ou no homem de qualquer maneira. O mesmo vale para casais homossexuais. Por isso, a saída é conversar e ir ajeitando a situação para que a relação seja prazerosa. 
 
Quanto maior o pênis, maior o índice de testosterona e "virilidade"?

Não há ligação entre uma coisa e outra. Independente do que você considerar por virilidade, não é a testosterona, hormônio que confere alguma das características físicas aos homens, que turbina a largura ou o comprimento do pênis. Se por virilidade você entender como vontade sexual, os homens vão perdendo hormônios ligados ao desejo sexual com o passar da idade. Mas a ereção é um fenômeno vascular: é possível ter desejo e falta de ereção. Como é possível ter ereção e falta de libido. 
 
O tamanho do pênis tem a ver com a fertilidade?

Não. Se o tamanho do pênis for suficiente para depositar o sêmen no interior da vagina (mais de oito centímetros) durante a relação, e se não existir problemas de produção de espermatozoides, não haverá problema de fertilidade. Aspectos físicos não têm a ver com isso.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário