WEB - MIX SV

EM DESTAQUE - CDS QUE NÃO PODE FALTAR EM SEU PEN DRIVE

RN aumenta exportações de frutas, mas tem queda na venda de sal marinho em 2017

Resultado de imagem para Exportação Melão  do RN
G1RN - Porém produtos tradicionais no estado, como o sal marinho, castanha de caju e tecido de algodão registraram quedas expressivas nas vendas, em relação a 2016. No caso do sal, por exemplo, a queda foi de 19,7% em relação ao ano anterior. A venda da castanha de caju reduziu em 13% e o tecido de algodão -22%. O principal produto exportado pelos potiguares foi o melão, que vendeu US$ 108 milhões, representando 35% das vendas do estado para o exterior, ao longo do ano. Mais de 163 mil toneladas do produto foram enviadas para fora do país, o que representa um crescimento de 43% em relação a 2016. Sozinho, o estado foi responsável por 66% das exportações do produto no país, seguido pelo Ceará.

Holanda, Reino Unido e Espanha foram os principais destinos das frutas potiguares, seguidos pelos Emirados Árabes, Canadá e Argentina.

Seguindo a mesma porcentagem de crescimento, a melancia fresca foi o segundo produto mais vendido pelo estado ao mercado exterior, num total de US$ 23,11 milhões. No total, o estado registrou crescimento de 6,97% nas exportações, em relação a 2016. Apesar da recuperação, o estado ainda apresentou vendas menores em que em 2015, quando foram exportados US$ 318 milhões. Atualmente, o estado exportações inferiores 10 anos atrás. Em 2007, o comércio e a indústria potiguares venderam ao mercado externo US$ 380 milhões. 

Histórico das exportações anuais do RN
Dados de 2000 a 2017
Valores exportados (em US$ FOB)149.442.202149.442.202223.718.224223.718.224310.551.152310.551.152573.836.175573.836.175413.711.685413.711.685372.010.666372.010.666284.738.231284.738.231251.356.829251.356.829318.039.847318.039.8472000200120022003200420052006200720082009201020112012201320142015201620170100M200M300M400M500M600M700M
2004
573.836.175
Fonte: Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços

Já as importações potiguares tiveram queda de 4%, seguindo uma tendência registrada desde 2015. Os produtos mais significativos, nas compras potiguares ao mercado exterior, são trigo, módulo e painéis solares, além da castanha de caju. Somente o trigo e mistura de trigo representaram 27,6% das compras, o que significa US$ 48,8 milhões. Já os equipamentos voltados para energia fotovoltaica custaram R$ 16 milhões e representaram quase 10% das importações estaduais ao longo de 2017. 

Histórico das importações anuais do RN
Dados de 2000 a 2017
Valores importados (em US$ FOB)70.181.18470.181.18488.697.03988.697.039115.542.991115.542.991168.562.521168.562.521139.485.895139.485.895110.335.431110.335.431151.637.910151.637.910207.304.799207.304.799319.394.792319.394.792242.597.818242.597.818222.318.158222.318.158266.041.505266.041.505313.700.250313.700.250247.528.234247.528.234184.556.123184.556.123200020012002200320042005200620072008200920102011201220132014201520162017050M100M150M200M250M300M350M
Fonte: Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário