WEB - MIX SV

EM DESTAQUE

Avião cai perto de Moscou e deixa 71 mortos

G1 - Voo saiu da capital russa e ia para Orsk, na divisa com Cazaquistão. Acidente ocorreu pouco depois da decolagem e não há sobreviventes.
Um avião com 71 passageiros da companhia aérea Saratov caiu na região de Moscou neste domingo (11). Não há sobreviventes, de acordo com a Promotoria dos Transportes da Rússia. Trata-se do desastre com voo comercial com maior número de mortos desde a queda do avião da Chapecoense, em novembro de 2016.  O voo decolou as 14h21 (9h21 em Brasília) do aeroporto Domodedovo, na capital russa, com destino a Orsk, a cerca de 1.700 km de Moscou e perto da fronteira com o Cazaquistão. Quatro minutos depois, perdeu contato. 
"A comunicação por rádio com a tripulação foi perdida alguns minutos após a decolagem, a aeronave desapareceu do radar", disse um porta-voz da Federação Russa de Transporte Aéreo. A aeronave, de modelo Antonov AN-148, levava 65 passageiros e seis tripulantes. O Ministério de Emergências divulgou uma lista com os nomes das vítimas. Não foi informada a nacionalidade delas. 

Homem ao lado de um dos destroços do avião da companhia Saratov que caiu perto de Moscou (Foto: Maxim Shemetov/Reuters)
Fragmentos da aeronave foram encontrados no solo coberto de neve no distrito de Ramesnky, pertencente a Moscou. Uma equipe com 167 pessoas está trabalhando no lugar do acidente. A caixa preta já foi localizada. O Ministério dos Transportes da Rússia considera várias possibilidades como causa da queda, incluindo condições climáticas por conta de um inverno rigoroso e erro do piloto, diz a agência russa Interfax. No momento do acidente, a temperatura era de -4ºC. Segundo a Interfax, a tripulação não informou nenhuma falha da aeronave. O presidente russo, Vladimir Putin, ordenou a criação de uma comissão para investigar o acidente. O primeiro-ministro russo, Dmitry Medvedev, ofereceu condolências às famílias das vítimas e ordenou a criação de uma comissão para prestar assistência aos afetados pelo acidente.  
Serviços de emergência trabalham no local do acidente do avião da Saratov  (Foto: Maxim Shemetov/Reuters)
Serviços de emergência trabalham no local do acidente do avião da Saratov (Foto: Maxim Shemetov/Reuters). 
 

Aeronave

O Antonov An-148 é uma aeronave de origem ucraniana com capacidade para até 85 passageiros. O modelo é usado na aviação regional, em distâncias médias. Sua autonomia é de até 4,4 mil km. O modelo é menor do que as aeronaves mais usadas na aviação brasileira. Boeing 737 e Airbus A320, por exemplo, populares na ponte aérea Rio-São Paulo, têm capacidade para cerca de 150 passageiros. Um equivalente ao An-148 é o jato regional brasileiro Embraer E175, que leva até 78 pessoas.  A Saratov Airlines tem sede em Saratov, a 840 km ao sudeste de Moscou. Em 2015, a companhia foi proibida de operar voos internacionais quando, durante uma inspeção surpresa, agentes de segurança encontraram uma pessoa que não era membro da tripulação na cabine de comando. 
 (Foto: Juliane Monteiro/G1)
Foto: Juliane Monteiro/G1)  

Histórico

Segundo o registro da Bureau of Aircraft Accidents, empresa sediada na Suíça que contabiliza acidentes aéreos, o desastre de Moscou deste domingo, considerando apenas voos comerciais, é o que teve maior número de mortos desde a queda da aeronave em que viajava a equipe da Chapecoense em novembro de 2016, na Colômbia, em que também morreram 71 pessoas.

O voo da Chape era um charter (quando a aeronave é alugada para um voo específico), enquanto o da Saratov era um voo regular, de linha. Houve, porém, um desastre com mais mortos na Rússia, em 25 de dezembro de 2016, quando um voo militar Tu-154 operado pelo Ministério da Defesa, que voava para a Síria, caiu no Mar Negro após decolar de Sochi, no sul da Rússia. Todas as 92 pessoas a bordo morreram. Em março de 2016, um Boeing 737-800 operado pela FlyDubai caiu ao pousar em Rostov-on-Don, matando todas as 62 pessoas a bordo. Em outubro de 2015 uma bomba a bordo destriuiu um avião da companhia russa Metrojet após a decolagem de Sharm al-Sheikh, no Egito. Todos os 244 passageiros e tripulantes a bordo morreram. 
Homem olha tela com horários de voo no Aeroporto Internacional de Domodedovo, em Moscou; avião que saiu do local caiu nos arredores da capital russa  (Foto: Maxim Zmeyev/AFP)
Homem olha tela com horários de voo no Aeroporto Internacional de Domodedovo, em Moscou; avião que saiu do local caiu nos arredores da capital russa (Foto: Maxim Zmeyev/AFP).
Policiais bloqueiam via perto do local onde caiu um avião da companhia Saratov (Foto: Vasily Maximov/AFP)
Policiais bloqueiam via perto do local onde caiu um avião da companhia Saratov (Foto: Vasily Maximov/AFP).  
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário