WEB - MIX SV

EM DESTAQUE

Bebê é internado com pneumonia e tem pé e dedos das mãos amputados

Reprodução/EPTV  

Notícias ao Minuto - Um bebê de um ano foi internado com pneumonia na Santa Casa de Franca, no interior de São Paulo, mas acabou tendo o pé esquerdo e as extremidades dos dedos das mãos amputadas. A Polícia Civil está investigando o caso por suspeita de erro médico. A família do menino Miguel contou ao G1 que o procedimento ocorreu por complicações causadas pela aplicação errada de um antiviral e pela negligência dos profissionais da unidade de saúde diante da piora do bebê durante o período em que  ele esteve internado no local, entre dezembro e janeiro. Miguel foi diagnosticado com pneumonia e citomegalovírus e internado em 11 de dezembro do ano passado. Ele apresentava sintomas como febre, dor de garganta e inchaço na barriga.

Dois dias depois, segundo a mãe, ele começou a receber doses de um antiviral que deveria tomar por um mês e meio. No dia 17, Lucimar afirma que a equipe médica aplicou de maneira errada a injeção na pele do menino, fazendo com que o quadro clínico dele se agravasse. Ele teve alergia, febre, vômito, inchaço nas pernas e mal funcionamento dos rins. Ainda segundo a mãe, o bebê foi remanejado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) depois de muita insistência. “No dia 18, ele já ficou com a boca roxa, pra eles era normal, batimentos foram a 220, pra eles era normal, e eu em cima. Dia 19 eu ameacei chamar a polícia. Gritei que meu filho estava morrendo”, contou.

Nos dias seguintes, os membros inferiores e as pontas dos dedos começaram a apresentar sinais de necrose. No dia 26, foi constatada a necessidade das amputações. O pé esquerdo foi amputado no dia 30 de dezembro e as extremidades dos dedos das mãos, em 13 de janeiro. Miguel permaneceu internado até o dia 26 de janeiro. “Foi uma medicação fora da veia que deu uma alergia nele, que deu um choque e que causou tudo isso, essas perdas dele”, acusou a mãe. No final de janeiro, o bebê voltou a ser internado no hospital com problemas respiratórios decorrentes de uma pneumonia. Ele foi submetido a uma traqueostomia e liberado no início deste mês. Segundo a mãe da criança, a técnica de enfermagem Lucimar Pereira Bueno, o bebê se recupera bem.

O caso foi registrado como lesão corporal culposa. A Polícia Civil solicitou laudos do Instituto Médico Legal (IML) e pareceres do Conselho Federal de Medicina (CFM) e do Conselho Regional de Medicina (Cremesp). A Santa Casa afirma que todos os cuidados necessários foram tomados. De acordo com a unidade, o paciente perdeu parte dos tecidos e passou pelas amputações devido a uma infecção grave no organismo.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário