WEB - MIX SV

EM DESTAQUE

Da panela para o carro: cientistas usam ovos para criar energia limpa

Resultado de imagem para cientistas usam ovos
Do UOL - Do seu prato direto para o tanque de gasolina. Enquanto os médicos decidem se o ovo de galinha é herói ou vilão nas refeições, pesquisadores da Universidade da Cidade de Osaka, no Japão, desenvolveram uma maneira de usar a clara do ovo como substrato para produzir um combustível a base de hidrogênio em um processo 100% limpo.“O hidrogênio é um meio promissor de armazenamento de energia porque não emite nenhum gás de aquecimento global quando é usado. No entanto, a geração de hidrogênio geralmente requer o uso de combustíveis fósseis, que emitem dióxido de carbono”, explicou Hiroyasu Tabe, da Escola de Graduação de Engenharia da universidade japonesa. “Nosso método gera hidrogênio sem o uso desses combustíveis fósseis.”
Cientistas encontraram uma maneira de usar as proteínas encontradas nas claras de ovos para gerar combustível livre de carbono.

Depois de pronto, o hidrogênio pode ser usado em carros, casas, energia portátil e inúmeras outras aplicações. Mas o processo de extração de hidrogênio da água é difícil e complicado. "A conversão de moléculas da água inclui reações químicas muito especiais", disse Tabe ao site especializado "Popular Science".

As proteínas produzidas por bactérias podem desempenhar essa função, mas para isso são necessários equipamentos laboratoriais muito específicos. Os ovos de galinha, no entanto, podem servir como catalisador substituto. Usando a energia solar como fonte de energia, os pesquisadores japoneses conseguiram fazer pequenas quantidades de hidrogênio no laboratório "usando um vaso do tamanho de um copo de café". Para isso, foi utilizado unicamente a água e a lisozima, um produto derivado da clara de ovo, rica em proteína.

Universidade da Cidade de Osaka/Divulgação
 
Os pesquisadores usaram a lisozima, encontrada nas claras, para extrair hidrogênio da água. Embora os cientistas tenham provado o conceito - e publicado o resultado na revista científica "Applied Catalysis B" -, alguns desafios ainda existem. O principal deles é criar um método econômico para produzir tais proteínas --ou a enzima da clara de ovo-- em grande escala. 
 
Tabe garante que pesquisadores de praticamente todas as disciplinas científicas estão envolvidos no desenvolvimento de fontes de energia renováveis e que "os químicos podem contribuir com as estratégias, desenvolvendo novos materiais que podem converter e armazenar energia". "No futuro, nossa tecnologia básica unirá disciplinas e quebrará as barreiras políticas, sociais e econômicas", completou ele. A animação dos pesquisadores também se deve à abundância da clara de ovo na natureza, um recurso "barato e inesgotável". Quanto às gemas, "podemos usá-las em nossas receitas", concluiu o pesquisador.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário