WEB - MIX SV

EM DESTAQUE

Desaparecimento de Yasmin completa duas semanas, e segue sem solução

Portal no Ar - O desaparecimento da menina Yasmin Lorena, de 12 anos, completou duas semanas nesta quarta-feira, 11. Mesmo com o surgimento de novas pistas sobre o desaparecimento, o sumiço iniciado na comunidade da África, no bairro da Redinha, zona Norte de Natal, segue um mistério. 
 
Na semana passada, um par de sandálias, que seria de Yasmin, foi encontrado em um buraco em uma rua próxima da residência da família. A informação foi repassada à Polícia Civil, que recolheu as evidências e conversou novamente com moradores e familiares. A Polícia informou que novas informações chegaram pelo Disque Denúncia da Secretaria de Segurança, mas que não poderiam ser repassadas para não atrapalhar as investigações. 
 
A Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (Decap) e a Delegacia Especializada da Criança e do Adolescente (DCA) seguem investigando o caso. O número de pessoas ouvidas também aumentou, porém a quantidade não foi informada pela Polícia Civil. Este é o 31º caso registrado pela Decap no primeiro trimestre de 2018. Os pais da garota seguem buscando por informações que possam levar ao paradeiro da criança junto com as autoridades.

O caso
Segundo os familiares, Yasmin desapareceu no começo da tarde da quarta-feira, 28 de março, na Comunidade da África, onde reside com a família. No dia do desaparecimento, chovia muito no local e, por volta das 13h, sua mãe pediu para que ela fosse pagar um detergente de louça, o qual sua mãe havia comprado para pagar depois. A criança teria saído de casa para fazer o pagamento de R$ 2, mas não chegou ao seu destino. Os familiares deram conta da demora, chegando a conferir se ela havia pego alguma roupa ou objetos que indicassem a ida a outro lugar. Depois de algumas horas foi iniciada uma busca pela vizinhança para saber o destino da criança. A Polícia Civil foi acionada e as investigações começaram. Houve, inclusive, a chegada de falsas informações sobre o paradeiro da menina.
Resultado de imagem para yasmin desaparecida natal
Afirmaram que o corpo de uma garota com as mesmas características teria sido encontrado sem vida as margens do Rio Potengi, outros afirmavam que familiares de Yasmin teriam envolvimento com o crime dentre outras. Mediante divulgação de boatos, a polícia se posicionou informando por meio de sua assessoria que “nenhuma das informações era verdadeira. E que os policiais da DCA já tinham algumas linhas de investigação, mas que não seriam divulgadas para não atrapalhar os trabalhos”. Quem tiver qualquer informação a respeito do paradeiro de Yasmin Lorena pode entrar em contato com familiares através do número (84) 98725-7577, ou pelo Disk Denúncia da Polícia Civil, de número 181. A identidade da pessoa que se dispuser a dar informações será preservada.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário