WEB - MIX SV

EM DESTAQUE

Homem que matou 71 pessoas pode ser solto em 2019

Pedro Rodrigues Filho, conhecido popularmente como Pedrinho Matador, foi um dos maiores assassinos em série do Brasil, sendo responsável por, pelo menos, 71 mortes. O seu primeiro homicídio foi cometido quando tinha apenas 14 anos. Em 2003, Pedro, hoje com 64 anos, recebeu uma pena acumulada de 400 anos, mas, como a legislação brasileira só permite um máximo de 30 anos, ele foi libertado em 2007, e recapturado em 14 de setembro de 2011. Ele deve ser libertado já no próximo ano. Após as mortes, foi para São Paulo, onde se apaixonou por Maria Aparecida, que acabou morta por criminosos da região. Pedro procurou os possíveis responsáveis e matou todos eles. 
 
Quando descobriu que a mãe havia sido morta pelo pai e que estava preso em uma cadeia, foi até a unidade prisional e assassinou o pai com 22 golpes de faca. A prisão de Pedro aconteceu em maio de 1973. Foi colocado dentro de um carro de polícia com outros dois criminosos, incluindo um estuprador. Quando agentes foram ao carro buscá-los, o agressor já estava morto, sendo este o último capítulo da sua sangrenta história. Dentro da cadeia, matou mais 47 pessoas. Há, inclusive, uma comparação à personagem de ficção ‘Dexter’, por executar, também, outros criminosos ou pessoas que, de acordo com a sua perspectiva, tratavam ele mal. Um especialista chegou a denominá-lo como o “psicopata perfeito”.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário