WEB - MIX SV

EM DESTAQUE

Produção de mel incentiva desenvolvimento de pequenos produtores do RN

Imagem relacionada
O quilo do mel de abelha sem ferrão produzido no Agreste do Rio Grande do Norte pode valer até oito vezes mais que o de outras espécies encontradas no Brasil. Nativas do semiárido nordestino, essa preciosidade é produzida pela abelha jandaíra e tem sido uma das principais fontes econômicas desta região do País. Diante do cenário positivo, o Ministério da Integração Nacional implantou neste mês de abril o primeiro Polo do Mel de Jandaíra no estado. A iniciativa busca estimular ainda mais a produção local, ampliando as oportunidades de empregos e renda da população local.
 
O projeto implantado na cidade potiguar de Jandaíra, que leva o nome em homenagem à abelha, já conta com mais de 700 colônias. As atividades estão sendo desenvolvidas em nove municípios, onde a grande maioria das cooperativas de produtores é composta por jovens. A previsão é de que mais de 400 famílias sejam contempladas pela ação. A Rota do Mel é uma iniciativa que faz parte do programa Rotas da Integração Nacional com o objetivo de promover o desenvolvimento regional por meio do fortalecimento dos arranjos produtivos locais associados à criação de abelhas.  Além do ‘Polo do Mel de Jandaíra’, no Rio Grande do Norte, o projeto possui outro polo formalizado: o ‘Polo Apícola do Norte de Minas Gerais’.

Mais de 1400 famílias são beneficiadas em 40 municípios.  Novos polos da Rota do Mel estão sendo desenvolvidos pela equipe técnica.  As associações e cooperativas interessadas em participar do programa, podem enviar uma solicitação à Secretaria de Desenvolvimento regional do Ministério da Integração.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário