WEB - MIX SV

EM DESTAQUE

Suspeito do desaparecimento da menina Yasmim tem casa saqueada e depredada na Zona Norte de Natal

Yasmin Lorena de Araújo tem 12 e está desaparecida desde a quarta-feira (28), em Natal (Foto: Arquivo da Família/cedida)
G1RN - Yasmin Lorena de Araújo tem 12 e está desaparecida desde a quarta-feira (28), em Natal. Yasmin Lorena, de 12 anos, saiu de casa no dia 28 de março e não foi mais vista. Nesta terça (24), um corpo foi achado enterrado em uma casa perto de onde a garota mora, na Redinha. (Foto: Arquivo da Família/cedida)
 
Moradores do bairro da Redinha, na Zona Norte de Natal, depredaram e saquearam a casa de um homem suspeito de ter envolvimento no desaparecimento da menina Yasmin Lorena de Araújo, de 12 anos, que foi vista com vida pela última vez no dia 28 de março. 
 
Este suspeito, segundo a Polícia Civil, passou a ser procurado após um corpo ter sido encontrado na tarde desta terça-feira (24) enterrado dentro de uma casa que fica na mesma rua a menina mora. A própria polícia acredita que o corpo seja o de Yasmim, mas, em razão do avançado estado de decomposição, essa identificação ainda não foi oficialmente confirmada. Um segundo suspeito foi preso e já indiciado por ocultação de cadáver. 
Vidraças da janela da casa foram quebradas. (Foto: Rafael Barbosa/G1 RN)
Vidraças da janela da casa foram quebradas. (Foto: Rafael Barbosa/G1 RN). 
 
Casa de suspeito foi invadida, saqueada e depredada por moradores revoltados com o desaparecimento e possível assassinato Yasmim (Foto: Rafael Barbosa/G1)
Casa de suspeito foi invadida, saqueada e depredada por moradores revoltados com o desaparecimento e possível assassinato Yasmim (Foto:Rafael Barbosa/G1).
 
A casa depredada fica ao lado da residência onde mora a família de Yasmim. De acordo com a Polícia Militar, os moradores acham que estão fazendo justiça. Móveis, eletrodomésticos, e até uma pia inteira foram levados pelas pessoas que invadiram a casa. Os cômodos ficaram revirados e pichações foram feitas nas paredes da residência. 
Casa ficou revirada após invasão dos moradores. (Foto: Rafael Barbosa/G1 RN)
Casa ficou revirada após invasão dos moradores. (Foto:Rafael Barbosa/G1 RN).
 
O desaparecimento
 
Yasmin foi vista pela última vez por volta das 13h do dia 28 de março. De acordo com a família, a menina saiu de casa, na Rua José Acácio de Macedo, na comunidade da África, na Redinha, para entregar um dinheiro a uma vizinha a pedido da mãe. A mulher que receberia o dinheiro mora em uma rua próxima, e disse que a menina sequer chegou ao destino. A família então procurou a polícia e fez uma queixa do desaparecimento dela. Desde então, começaram as buscas por Yasmim.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário