WEB - MIX SV

EM DESTAQUE - CDS QUE NÃO PODE FALTAR EM SEU PEN DRIVE

Tentativa de fuga termina em tiroteio e 20 mortos em presídio do Pará

Tentativa de fuga deixou mortos no Complexo Prisional de Santa Izabel (Foto: Oswaldo Forte/O Liberal)Complexo Prisional de Santa Izabel (Foto: Oswaldo Forte/O Liberal)

G1PA, Belém - Um agente penitenciário foi morto; cinco presos e 15 pessoas suspeitas de dar cobertura à fuga também morreram. Caso aconteceu no Complexo Prisional de Santa Izabel. 

Uma tentativa de fuga em massa de presos do Centro de Recuperação Penitenciário do Pará III (CRPP III), no Complexo Prisional de Santa Izabel do Pará, na região metropolitana de Belém, deixou 20 mortos na tarde desta terça-feira, 10. Uma das vítimas é um agente penitenciário, segundo a Agência Estado. De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), a tentativa de fuga contou com apoio de um grupo externo fortemente armado. Segundo informações preliminares, os presos também tinham armas dentro do presídio. Durante a ação, foram utilizados explosivos contra um dos muros do solário do Pavilhão C. Nesse momento, houve uma intensa troca de tiros entre a equipe que efetuava a tentativa de resgate em apoio externo, parte dos custodiados e a equipe do Batalhão Penitenciário.
Com a troca de tiros, foi confirmada a morte de um agente penitenciário, que tem a identidade preservada em sigilo até que a família seja oficialmente comunicada. Outros quatro agentes de segurança também ficaram feridos, sendo um em estado grave – ele está internado em um hospital na Grande Belém. Até o momento, está confirmada a morte de outras 19 pessoas, entre presos e integrantes do grupo criminoso de resgate. A identificação e contagem, que está sendo realizada neste momento, poderá identificar quantos eram custodiados do sistema penal e quantos pertenciam ao grupo criminoso que tentou realizar o resgate.
 
Troca de tiros


Segundo a Segup, um grupo fortemente armado tentou invadir a prisão por volta das 13h para dar apoio à fuga dos presos. Foram utilizados explosivos contra um dos muros do solário do Pavilhão C na tentativa de resgate. Além disso, detentos também tinham armas dentro do presídio, segundo a secretaria. Segundo a Segup, após o uso de explosivos no Pavilhão C houve "intensa troca de tiros" entre agentes do batalhão penitenciário, parte dos presos que tentavam fugir e o grupo que tentou invadir o presídio. Ao menos sete armas que estavam com os suspeitos que tentaram invadir o centro de recuperação foram apreendidas: 2 fuzis, 3 pistolas e 2 revólveres.

Buscas

De acordo com a Segup, agentes da Companhia de Operações Especiais da PM foram enviados ao complexo para reforçar a segurança do local. Ainda não foi confirmado se houve ou não fuga de presos. Buscas pelo grupo que tentou invadir o presídio são feitas desde o início da tarde, segundo a secretaria. O governo também iniciou investigações para identificar que grupos agiram na tentativa de resgate, como houve a entrada de armas e como ocorreu a troca de tiros. O delegado Rodrigo Leão, diretor da Seccional de Santa Izabel do Pará,  está com equipe policial acompanhando a situação, além de duas equipes da Divisão de Homicídios e uma da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO).
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário