WEB - MIX SV

EM DESTAQUE - CDS QUE NÃO PODE FALTAR EM SEU PEN DRIVE

Procon estabelece regras para venda de combustível

Do G1/PE - Apesar de alguns postos de combustível no Grande Recife voltarem a ser abastecidos no domingo, o fornecimento ainda é irregular hoje, 9º dia da greve dos caminhoneiros. Devido à grande quantidade de motoristas que formam filas enormes para tentar abastecer, alguns deles utilizando até galões de água mineral, que não são apropriados para acondicionar os produtos inflamáveis, o Procon estabeleceu regras para a venda do combustível em Pernambuco e prometeu multar postos que venderem gasolina ou álcool em recipientes ilegais. A nota técnica do Procon e do Corpo de Bombeiros com regras para o abastecimento de combustível no estado durante a paralisação dos caminhoneiros visa garantir a segurança e uma melhor distribuição entre os consumidores. Entre as regras, está a limitação de 30 litros de combustível para veículos em geral e 10 litros para motocicletas.

Os condutores que quiserem abastecer em recipientes precisam apresentar o documento do veículo para comprar o combustível. O nome do comprador precisa constar no documento e o recipiente precisa ser apropriado para o acondicionamento de combustíveis, cumprindo as regras do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Em muitos postos, os condutores chegam a dormir nos estabelecimentos.

Segundo o secretário de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco, Pedro Eurico, há relatos de pessoas revendendo combustível irregularmente após a compra nos postos. “O risco é altíssimo de se guardar esse combustível em casa e até mesmo no momento da compra, a céu aberto, quando pode haver uma explosão. Temos relatos de pessoas usando tufos de pano embebidos em gasolina para cozinhar por causa da falta de gás. É um perigo muito grande, principalmente por causa das crianças”, disse.

Além disso, os preços praticados pelos postos de combustível devem ser os valores de 21 de maio, um dia antes de a greve começar. O Procon informou que intensificou as fiscalizações e continuar recebendo denúncias dos consumidores. Quem presenciar algum descumprimento pode informar por meio das redes sociais do órgão ou através do telefone 0800.282.1512.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário