WEB - MIX SV

EM DESTAQUE - CDS QUE NÃO PODE FALTAR EM SEU PEN DRIVE

Rio Grande do Norte registra 22 ataques a bancos em 2018

Tribuna do Norte - O arrombamento aos caixas eletrônicos da agência do Banco do Brasil em São Gonçalo do Amarante foi o 22º ataque a instituições financeiras ou carros-forte em 13 cidades de todo o Rio Grande do Norte em 2018. Fazendo uma comparação com os dados até o dia 16 de maio do ano passado, há uma redução no número de arrombamentos em 31%. Em números absolutos, no mesmo período do ano passado, foram 29 ataques registrados a bancos ou carros-forte em 24 cidades potiguares. 

O levantamento não leva em consideração os arrombamentos e tentativas de assalto aos Correios, também alvos de grupos criminosos. Os dados tabulados pela área da segurança pública do Rio Grande do Norte mostram que o ataque à agência de São Gonçalo do Amarante, distante 19 km da capital, foi o primeiro no mês de maio em todo o Estado, e o segundo no município. O primeiro foi no distrito de Santo Antônio do Potengi no início de março. De 22 de janeiro a 28 de março deste ano, tinham sido registrados 11 ataques em cinco cidades da Região Metropolitana: Natal, Ceará-Mirim, Parnamirim e Extremoz. 

O caso de São Gonçalo do Amarante se assemelha aos ataques em Ceará-Mirim, quando os criminosos atrapalharam a ação da polícia. Em Ceará-Mirim, no dia 28 de março, um grupo criminoso promoveu assalto em três agências bancárias e atirou contra base da polícia e espalharam grampos na pista. A cidade com os registros mais altos é Natal, com cinco arrombamentos. Os grupos, em sua maioria, fortemente armados com fuzis, explosivos e até coletes à prova de balas, atuam geralmente de madrugada, aproveitando o silêncio das ruas, e deixam um rastro de destruição nas agências bancárias. Após as ações das quadrilhas, bem sucedidas ou não, quem acaba tendo de arcar com o prejuízo, além dos bancos, é a população das cidades afetadas com a criminalidade, que precisa se deslocar para as cidades vizinhas para ter acesso à operações financeiras. Em alguns casos, como o de São Gonçalo do Amarante, o prédio fica sem condições de voltar a funcionar de imediato. 

De acordo com a assessoria de comunicação do Banco do Brasil, os usuários correntistas da agência de São Gonçalo do Amarante serão transferidos para a Agência de Igapó, localizada na Tomaz Landim, número 100, na Zona Norte da capital potiguar. O atendimento estará disponibilizado a partir do próximo sábado (19), uma vez que a agência havia sido fechada pela superintendência do Banco do Brasil. Quanto à unidade de São Gonçalo, a assessoria informou que ainda estão sendo levantados os prejuízos e os danos do ataque dos bandidos para que se possa iniciar um processo de licitação para a reforma e reabertura da unidade. 

O ataque à agência do BB em São Gonçalo do Amarante ocorreu por volta das 2h30 de ontem (16). Um grupo criminoso explodiu caixas eletrônicos e, após a explosão, os bandidos trocaram tiros com oficiais do 11º batalhão da Polícia Militar, localizado próxima à unidade bancária. De acordo com policiais lotados na unidade, eram sete PMs de plantão no momento e, na troca de tiros, ninguém se feriu. Na fuga, os criminosos alvejaram uma base e uma viatura da Companhia de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE) em Macaíba, na Região Metropolitana. O grupo chegou a deixar grampos pela estrada para dificultar a perseguição policial. De acordo com a CPRE, pelo menos oito carros passaram em frente à companhia para trocar os pneus, atingidos com a ação dos criminosos. 

A Polícia Civil revelou que uma parte do dinheiro chegou a ser levada pelo grupo, mas não soube informar de quanto seria o valor roubado. Ainda não há informações de quantos criminosos participaram da ação. “Graças a Deus ninguém se feriu. Tinha três policiais, eu e mais dois companheiros. Eles chegaram e deram um cavalo de pau, alvejaram a viatura para furar os pneus, para que não pudéssemos segui-los e na hora dos disparos a gente revidou com o que a gente tinha de melhor”, disse o Sargento Gilmar, lotado no 11º BPM à InterTV. Até o fechamento desta reportagem ninguém foi preso.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário