WEB - MIX SV

EM DESTAQUE - CDS QUE NÃO PODE FALTAR EM SEU PEN DRIVE

Alemanha dá vexame, perde da Coreia do Sul (0 x 2) e está fora da Copa

Resultado de imagem para Alemanha dá vexame, perde da Coreia do Sul (0 x 2) e está fora da Copa
O que parecia impossível aconteceu. Nem nos pesadelos mais tenebrosos vividos pelos jogadores e pela torcida alemã, se podia imaginar um final tão trágico para a seleção da Alemanha na Copa do Mundo da Rússia. O time não conseguiu furar o bloqueio da Coreia da Sul, perdeu por 3 x 0 na Arena Kazan e foi eliminado do Mundial. Para piorar ainda terminou o tumultuado Grupo F em último lugar, atrás da Suécia, do México e até mesmo da Coreia do Sul, que marcou com Kim e Son.
O time alemão até dominou as ações, mas teve dificuldade para concluir a gol e perdeu chances incríveis, especialmente com o zagueiro Hummels, em três cabeçadas. O time sul-coreano optou por apostar em contra-ataques, recebeu um gol de graça, após passe de Toni Kroos e definiu, com Son, no final, sem goleiro. O técnico da Alemanha, Joachim Löw, depois do susto da rodada anterior, não quer nem saber de tropeço. Na sua avaliação, os atuais campeões mundiais têm o dever de vencer, convencer e buscar a classificação para serem “donos do próprio destino”. 
 
Para isso, ele recolocou Ozil no time e barrou o atacante Thomas Muller, que tem um cartão amarelo e pode ser opção para o segundo tempo. Eles começaram a rodada ocupando a segunda colocação da chave, com os mesmos três pontos dos suecos, que estavam em terceiro por conta dos critérios de desempate (confronto direto). O líder era o México, com seis, antes dos jogos do dia. Os dois duelos são disputados simultaneamente.

Os germânicos se classificam se vencerem a Coreia do Sul por dois ou mais gols de diferença. Em caso de vitória simples, avança se: a Suécia não vencer o México; se a Suécia vencer o México por uma diferença de dois ou mais gols (suecos passariam em primeiro, e alemães, em segundo); se a Súecia vencer exatamente com o mesmo placar que a Alemanha (neste caso, o desempate para apontar o líder seria através do critério disciplinar);
Se a Alemanha empatar, avança se: a Suécia perder para o México; se a Suécia empatar com o México marcando uma quantidade de gols menor ou igual que os alemães diante da Coreia do Sul (Alemanha levaria a melhor no desempate pelo confronto direto). Löw, contudo, não quer saber de correr riscos. “Temos que marcar dois gols a mais que os rivais para podermos seguir nosso caminho. Temos que ser donos de nosso próprio destino”, pregou. Para tanto, ele espera aprender com os erros cometidos no jogo de estreia. E já alertou seu time quanto ao contra-ataque da Coreia do Sul, que, na sua avaliação, não depende somente do atacante Son Heung-Min, do Tottenham.

“Eles têm dois ou três jogadores muito rápidos e devemos parar seus contra-ataques”.  Contra os sul-coreanos, ele vai promover o retorno de Mats Hummels, o responsável pela falha da defesa alemã no contra-ataque mortal do México. Sacado do time para o segundo jogo, o zagueiro voltará a ser titular por causa da ausência de Jérôme Boateng, suspenso por ter sido expulso na rodada anterior. Outra baixa certa é a do meia Rudy, que sofreu uma fratura no nariz no jogo passado e foi submetido a uma cirurgia.

Com essas alterações, o treinador alemão espera fazer a sua parte para, quem sabe, terminar a fase na primeira colocação. Assim, poderia evitar um eventual confronto contra a Seleção Brasileira, que ainda não está classificada, mas é a favorita para ficar com o primeiro posto do Grupo E. A Coreia do Sul, por sua vez, tem tarefa mais complicada. Precisa vencer a Alemanha, se possível por um bom placar, e ainda torcer por um triunfo dos mexicanos sobre os suecos. Em quarto lugar, o time asiático ainda não somou ponto na Rússia.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário