WEB - MIX SV

EM DESTAQUE - CDS QUE NÃO PODE FALTAR EM SEU PEN DRIVE

Caso Yasmim: Após 56 dias, corpo da menina Yasmin é identificado e sepultado em Natal

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, close-up
O corpo encontrado no último dia 24 de abril é mesmo de Iasmin Lorena de Araújo, assassinada aos 12 anos. Após o resultado do exame de DNA que levou 56 dias para sair, a família pôde, enfim, sepultar a menina na manhã desta terça-feira, 19, no Cemitério da Redinha, zona norte de Natal. 

O enterro de Iasmin Lorena aconteceu pouco depois das 11 horas, e minutos após o corpo sair da sede do Instituto Técnico-Científico de Polícia, o Itep, na Ribeira, zona oeste. O trabalho de identificação foi feito pelo órgão em parceria com um laboratório do Ceará. A menina foi vista com vida pela última vez no último dia 28 de março. 

Ela havia saído de casa, na Rua José Acácio de Macedo, na Redinha, para entregar um dinheiro a uma vizinha a pedido da mãe. A mulher que receberia a quantia mora em uma rua próxima, e disse que Iasmin sequer chegou ao destino.Quase um mês depois, cães farejadores do Batalhão de Choque da Polícia Militar encontraram o corpo da menina enterrado dentro uma casa inacabada no meio do percurso que a criança deveria seguir.

No dia 26 de abril, dois dias após a descoberta do corpo, o pedreiro Marcondes Gomes da Silva, de 45 anos, que trabalhava na casa onde Iasmin estava enterrada, foi preso. Ele confessou que estrangulou a menina após ela se recusar a ter relação sexual com ele. O assassino era amigo e vizinho da família.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário