WEB - MIX SV

EM DESTAQUE - CDS QUE NÃO PODE FALTAR EM SEU PEN DRIVE

“Matei porque ela não me ajudava”; Diz Jovem após confessar ter matado a bisavó de 91 anos

Mateus Ferreira, 18, o "Pica-Pau", confessou friamente o assassinato da bisavó.

A declaração é do jovem de 18 anos que foi preso nesta segunda-feira (18), no interior do Ceará e confessou ter assassinado sua bisavó, de 91 anos. O crime aconteceu na cidade de Tauá, na Região dos Inhamuns. O assassino confesso foi autuado em flagrante delito e, por razões de segurança, deverá ser transferido para a Capital. O crime chocou a população daquele Município.
 
O assassinato da aposentada e rezadeira Francisca Aurora do Espírito Santo, 91,  aconteceu na tarde do último domingo (17). Durante o jogo da Seleção Brasileira na Copa da Fifa, na Rússia, Mateus Ferreira da Silva, 18 anos, o “Pica-Pau”, aproveitou o momento em que a cidade estava parada para assistir a partida e foi até a casa da avó. A idosa estava sozinha. Ele invadiu a residência e matou Aurora com pauladas na cabeça. Usou uma mão-de-pilão, encontrada ensangüentada próxima ao cadáver.
 
Insatisfeito, o assassino ainda introduziu um cabo de vassoura nas partes íntimas da aposentada e, em seguida, fugiu. Voltou para casa, trocou de roupas e foi assistir o restante da partida como se nada tivesse feito.  O pouco movimento nas ruas de Tauá naquele momento favoreceu o assassino.

Drogas - A Polícia, ao tomar conhecimento do fato, iniciou diligências e ontem identificou um homem que teria levado o assassino ao local do crime. Os dois foram detidos.  O bisneto da idosa confessou que a matou porque ela se recusava a lhe dar dinheiro para comprar drogas. Ainda adolescente, “Pica-Pau” praticou atos infracionais como roubos e furtos para alimentar o vício das drogas. Para a Polícia, o crime está elucidado.
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário