WEB - MIX SV

EM DESTAQUE - CDS QUE NÃO PODE FALTAR EM SEU PEN DRIVE

Rosalba quer arrecadar R$ 6,4 milhões só em multas de trânsito em 2018

Mossoró Hoje - A prefeita Rosalba Ciarlini, de Mossoró, descobriu uma fonte de arrecadação que vai causar revolta: multas de trânsito. Depois que assumiu a Prefeitura, no dia 1º de janeiro de 2017 até os dias atuais, já faturou R$ 5.444.584,50, muito embora não tenham ocorrido investimentos em melhoria no trânsito, na saúde, na educação e nem na estrutura física da cidade. No ano de 2017, já havia uma previsão no Orçamento Geral da Prefeitura Municipal de Mossoró faturar R$ 3.120.000,00. Ao final de 2017, a Prefeitura havia engordado seus cofres em R$ 3.323.619,16. Foram estes números que fez a gestora crescer os olhos.

Ainda em 2017, ao produzir sua peça orçamentária de 2018, Rosalba Ciarlini deu uma demonstração do tamanho da "boca do leão mossoroense". Fez constar que iria arrecadar com multas de trânsito em 2018 o valor de R$ 6.426.228,00, quase o dobro de 2017.
O plano da gestão municipal de arrecadar mais está dando certo. Nos primeiros quatro meses de 2018 já foram arrecadados R$ 2.121.100,00. Até o final do ano, se continuar no mesmo ritmo, vai confirmar a previsão orçamentária de arrecadar 6,42 milhões em multas em 2018.

Para 2019, as previsões são bem mais animadoras para os cofres municipais. A Prefeitura mandou instalar mais 27 câmeras de viodemonitoramento, usando o discurso da violência na cidade, nos principais cruzamentos da cidade e mais 7 fotossenssores. Já deixou claro que projeta aplicar multas usando não só os 7 fotosensores, mas também as 27 câmeras do viodeomonitoramento, que se era para ajudar o trabalho da polícia contra o crime, deveriam ter sido instaladas em áreas que a violência é mais acentuada.

O vereador Genilson Alves, ao tomar conhecimento dos fatos, disse que ficou indignado. Segundo ele, existe um forte indício de que uma “indústria da multa” esta atuando com força em Mossoró. Ele apresentou requerimento na Câmara para saber em que a Prefeita Rosalba Ciarlini está aplicando estes recursos e os vereadores ligados ao palácio, reprovaram. Genilson Alves disse que estranha que a Prefeitura de Mossoró faça contratos sem licitação de quase R$ 2 milhões, de forma ilegal, para contratar mão de obra. Disse que ficou igualmente assustado quando viu o valor que a Prefeitura vai pagar pela Banda Aviões do Forró: R$ 330 mil, por uma show que não deve durar 2 horas nesta quinta-feira, 7.

Confira dados do Portal da Transparência:
 
Compartilhe com Google Plus

About Canindé Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário